Português

O que é Adjunto Adverbial? Classificação e exemplos

O que é Adjunto AdverbialO que é Adjunto Adverbial?

O que é adjunto adverbial? É um termo acessório da oração. Ele sempre acompanha, caracteriza e muda o sentido de um verbo ou advérbio. Dependendo de como modifica, pode ser classificado em Modo, Tempo, Intensidade, Negação, Afirmação, Dúvida, Finalidade, Matéria, Lugar, Meio, Concessão, Argumento.

Neste artigo sobre o que é Adjunto Adverbial, você encontrará todos os tópicos abaixo. Se quiser, clique em um tema para ir diretamente ao conteúdo:

  1. O que é Adjunto Adverbial?
  2. Classificação.
  3. Modo.
  4. Tempo.
  5. Intensidade.
  6. Negação.
  7. Afirmação.
  8. Dúvida.
  9. Finalidade.
  10. Matéria.
  11. Lugar.
  12. Meio.
  13. Concessão.
  14. Argumento.
  15. Outros Exemplos.

Entender sobre essa matéria também é importante na hora de escrever a redação no ENEM.

O que é Adjunto Adverbial?

Adjunto adverbial é um termo acessório da termo da oração, ou seja, não é essencial para entender a mensagem, mas é importante para contextualizar. Ele é um dos elementos da Sintaxe, a parte da língua que estuda a relação entre termos em uma frase.

Ele é usado para representar uma circunstância, podendo dar a ideia de tempo, lugar, modo, finalidade, causa, etc. Este adjunto sempre irá acompanhar e modificar o sentido de um verbo ou de um advérbio.

Este tipo de adjunto poder ser um advérbio, uma locução ou uma oração subordinada. Ele pode estar no início, no meio ou no fim das sentenças e, em alguns casos, pode ser separado por vírgula.

Classificação dos Adjuntos Adverbiais

Vejas as diversas classificações que eles recebem, conforme o efeito que têm na frase. Eles podem ser de:

  • Modo;
  • Tempo;
  • Intensidade;
  • Negação;
  • Afirmação;
  • Dúvida;
  • Finalidade;
  • Matéria;
  • Lugar;
  • Meio;
  • Concessão;
  • Argumento.

Tenha atenção, pois não é difícil e vai ajudar muito na hora de fazer questões sobre o assunto ou quando for preciso localizá-los em um texto.

Adjunto Adverbial de Modo

São eles: mal, melhor, pior, igual, diferente, intensamente, lentamente, devagar, depressa, carinhosamente, educadamente, tranquilamente, à(s) pressa(s), a custo, em silêncio, etc.

Exemplos:

  • Cheguei apressadamente ao local.
  • Estou muito alegre.
  • Ele não está bem.

Adjunto Adverbial de Tempo

São eles: hoje, amanhã, ontem, cedo, tarde, agora, ainda, em breve, logo, durante, à noite, de manhã, de vez em quando, etc.

Exemplos:

  • Ontem fomos juntos ao restaurante.
  • Vou chegar em breve.
  • Não consigo mais falar agora.

Adjunto Adverbial de Intensidade

São eles: muito, pouco, demais, bastante, mais, menos, tão, quão, intensamente, extremamente, profundamente, etc.

Exemplos:

  • Estou profundamente chateada com você.
  • Eu gosto demais dele.
  • Comi bastante salada ontem.

Adjunto Adverbial de Negação

São eles: não, nunca, jamais, em hipótese alguma, de modo algum, de forma alguma, etc.

Exemplos:

  • Nunca mais converso com ela.
  • Naquele lugar eu não piso de jeito nenhum.
  • Não quero que você fique.

Adjunto Adverbial de Afirmação

São eles: sim, com certeza, claro que sim, sem dúvida, de fato, deveras, certamente, realmente, etc.

Exemplos:

  • Com certeza vou à festa.
  • Está claro que ele mentiu.
  • Não queria realmente falar nada.

Adjunto Adverbial de Dúvida

São eles: talvez, acaso, porventura, quiçá, provavelmente, quem sabe, se possível, etc.

Exemplos: 

  • Talvez consiga chegar à noite.
  • Se possível, irei ao jogo.
  • Ele provavelmente virá hoje.

Adjunto Adverbial de Finalidade

São eles: para que, para, por, a fim de, etc.

Exemplos:

  • Falei com ele para tentar resolver a situação.
  • Comprei essa calculadora para me ajudar com as contas.
  • Fomos juntos a fim de que pudéssemos convencê-los.

Adjunto Adverbial de Matéria

São eles: De, a partir de, com, etc.

  • O lápis é feito de madeira.
  • O trabalho foi feito a partir de informações exclusivas.
  • Meu coração não é de pedra!

Aprenda também quais são as funções da linguagem.

Adjunto Adverbial de Lugar

São eles: aqui, ali, lá, acolá, abaixo, acima, em cima, embaixo, atrás, dentro, fora, em, longe, perto, ao lado, à direita, à esquerda, etc.

Exemplos:

  • Gosto de ficar aqui.
  • A caixa foi colocada dentro do armário.
  • Me sentei à direita dele.

Adjunto Adverbial de Meio

São eles: por, a, de, entre, pelo, pela, por meio de etc.

Exemplos:

  • Viajamos de avião.
  • Entrou pela porta.
  • Consegui ir de ônibus.

Adjunto Adverbial de Concessão

São eles: todavia, contudo, muito embora, apesar disso, ainda que, se bem que, etc.

Exemplos: 

  • Conseguimos ir, apesar da chuva.
  • Não fui, embora tivesse me arrumado.
  • Contudo, permanecemos juntos.

Adjunto Adverbial de Argumento

São eles: Chega de, basta de, etc.

Exemplos: 

  • Chega de discussões!
  • Basta de tanta confusão.
  • Chega de mentiras!

Outros exemplos de Adjuntos Adverbiais

tipos de adjuntos adverbiais

Se gostou do nosso artigo sobre o que é Adjunto Adverbial, confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por profissionais de várias formações (professores, jornalistas, filósofos), sempre prontos a oferecer os melhores conteúdos educacionais com foco no Enem e colaborar com a formação de todos os alunos. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador