LiteraturaUncategorized

Quais são as principais obras de Graciliano Ramos? Biografia, curiosidades e muito mais

Quais são as principais obras de Graciliano RamosQuais são as principais obras de Graciliano Ramos

Graciliano Ramos é um dos autores brasileiros mais cobrados nos vestibulares. E, não é à toa! Sua obra revela, de forma crítica e histórica, necessidades e mazelas do povo brasileiro. Sabendo disso, separamos para você as principais obras de Graciliano Ramos. Leia o artigo e descubra tudo que é preciso saber.

Neste texto, você descobrirá as principais obras de Graciliano Ramos. Tem bastante conteúdo pela frente, então clique em um dos tópicos para ir diretamente ao que deseja saber:

  1. Quem foi Graciliano Ramos?
  2. Principais obras de Graciliano Ramos: Vidas Secas
  3. Principais obras de Graciliano Ramos: Angústia
  4. Principais obras de Graciliano Ramos: São Bernardo
  5. Principais obras de Graciliano Ramos: Memórias do Cárcere
  6. Lista completa com todas as obras do autor
  7. Quais são as principais características do autor?
  8. 5 relevantes frases escritas pelo autor
  9. Entre na faculdade com o Beduka!

Quando você terminar de ler o artigo sobre as principais obras de Graciliano Ramos, coloque em prática todo seu conhecimento com O Melhor Simulado Enem do Brasil!

Quem foi Graciliano Ramos?

Assim como a maioria dos escritores, Graciliano foi muitas coisas. De jornalista a prefeito, da abundância ao cárcere. Suas mais variadas experiências sociais o permitiram escrever com precisão e propriedade a respeito das mazelas do povo brasileiro.

A sua prisão, sob acusação de comunismo, originou “Memórias do Cárcere”. Já a sua primeira publicação foi um conto intitulado “O pequeno Pedinte”.

Assim, o destino do autor se revelou ligado desde o ínicio ao pessimismo motivado pelos conflitos sociais. 

Pertenceu à geração de 30, segunda fase do modernismo brasileiro, e é conhecido principalmente devido a sua obra “Vidas Secas”. Falaremos dela mais a frente.

Vítima de um câncer de pulmão, Graciliano faleceu em 1953. Só a morte pôde findar as palavras e anseios do autor.

1 – Principais obras de Graciliano Ramos :Vidas Secas

Vidas Secas pode ser considerada a obra mais importante do autor. É uma produção regionalista, pois retrata especificamente a área e os habitantes do sertão nordestino.

O enredo nos envolve na história de uma família que foge da escassez presente durante a seca no sertão.

Acompanhados de sua cachorrinha Baleia, eles jamais encontram o mundo de oportunidades com o qual sonhavam.  Apenas, presenciam mais exploração humana durante o percurso.

É uma história triste, real e sem final feliz, na qual Graciliano não tenta romantizar o sofrimento e nem dar a ilusão de uma saída fácil para conflitos tão complexos da sociedade. 

Outro aspecto que vale a pena ser mencionado, é que a seca do sertão pode ser considerada apenas uma metáfora. 

A terra é só pano de fundo para aquilo que o autor quer de fato falar. São “Vidas Secas” e não “Uma Terra Seca”, ou seja, são pessoas que vão se tornando secas, sem vida, sem esperança. Com uma estética (um corpo) que se torna um retrato fiel da fome e da miséria.

Muitos críticos consideram sua narrativa uma espiral, ou seja, os personagens tentam escapar das durezas para as quais inevitavelmente acabam voltando. A denúncia social, como as relações de exploração e a desigualdade, são temas centrais abordados no livro pelo autor.

Se quiser uma análise completa do livro, é só acessar o artigo abaixo em que destrinchamos cada ponto dessa excelente obra:

Não dá para terminar esse tópico do artigo sobre as principais obras de Graciliano Ramos assim. Antes, preciso te contar! Tem um filme disponível na Globoplay baseado nessa obra. 

Se você quiser o link desse e de outros filmes baseadas em obras importantíssimas para o vestibular, basta acessar o nosso artigo abaixo:

Você também pode treinar para o vestibular resolvendo exercícios sobre o livro. O artigo a seguir está repleto deles:

2 – Principais obras de Graciliano Ramos: Angústia

Angústia é uma obra que diverge das demais escritas pelo autor. Nela, vemos uma mistura de crítica social e introspecção. 

Vou te explicar de uma maneira bem simples como funciona o enredo. Quase todo mundo conhece alguém que já foi rico e não é mais ou que já viveu em várias esferas sociais durante a vida.

O protagonista de Angústia é mais ou menos assim.  Cresce em uma família de posses, mas que com a morte do pai perde tudo. Mais tarde, se torna funcionário público e aprende a viver com salário contado.

Por fim, fica sem dinheiro, sem amor e cheio de dívidas. Sem aguentar a pressão, mata Julião, o homem com o qual sua noiva se envolve. 

Nessa hora, somos apresentados ao caráter introspectivo da obra. O medo, o tormento, a culpa, a agonia e a confusão mental vivida pelo personagem.

É uma obra singular, na qual à medida que o autor critica a burguesia, também nos faz entender a respeito das várias camadas sociais. Além disso, somos apresentados às angústias geradas por elas. 

Olha só que legal! Você pode colocar tudo isso em prática através de um artigo que escrevemos sobre o livro. Ele está cheio de exercícios e ainda tem gabarito. Basta clicar abaixo:

3 – Principais obras de Graciliano Ramos: São Bernardo

Ao chegar até aqui, você já deve ter percebido que a crítica social e o caráter regionalista são características do autor e da segunda fase da geração modernista da qual ele fez parte. Com o livro São Bernardo não é diferente.

Ele é considerado uma das principais obras de Graciliano Ramos. Porém, além das características citadas, o livro também apresenta uma narrativa psicológica, em primeira pessoa.

Paulo Honório, protagonista da obra, representa o declínio do homem que carece de humanidade (benevolência, empatia, compaixão) ao ser tomado pela ganância, o ciúme e a busca por poder. 

A maioria das obras de Graciliano Ramos possuem uma narrativa circular. Isso quer dizer que os personagens, mesmo tentando trilhar caminhos diferentes, acabam vivenciando os mesmos conflitos. 

É muito semelhante à realidade, que não termina com um final feliz porque estão todos inseridos na roda da vida, mergulhados em seus altos e baixos. Porém, nos livros de Graciliano, isso ganha um caráter mais duro devido à realidade social presente no enredo.

Se você quiser mais detalhes sobre a obra, nós temos um resumo completo. Veja:

4 – Principais obras de Graciliano Ramos: Memórias do Cárcere

Eu poderia dizer que é preciso ter estômago para ler Memórias do Cárcere. Caso você não tenha, é importante conhecer pelo menos o enredo.

É exatamente sobre ele que vamos tratar neste tópico sobre as principais obras de Graciliano Ramos. 

A primeira coisa que você deve entender, é que os escritores também se veem reféns de contextos históricos. Logo, a ditadura Vargas teve um impacto direto na vida e obra do autor.

Nesse período, muitas pessoas foram perseguidas por manifestar suas insatisfações em relação aos conflitos sociais. Graciliano, por exemplo, foi acusado de comunismo.

O tempo que permaneceu preso o trouxe experiências marcantes, como torturas e desaparecimentos. Também o permitiu trocar ideias com as pessoas que conviveram com ele durante a clausura.

Tudo isso resultou em um livro autobiográfico, escrito apenas dez anos depois de todos esses acontecimentos. Dividido em quatro volumes, pode ser considerado um material histórico, escrito por um preso político.

Veja a seguir um trecho da obra:

“O congresso apavorava-se, largava bambo as leis de arrocho – vivíamos de fato numa ditadura sem freio. Esmorecida a resistência, dissolvidos os últimos comícios, mortos ou torturados operários e pequenos-burgueses comprometidos, escritores e jornalistas a desdizer-se, a gaguejar, todas as poltronices a inclinar-se para a direita, quase nada poderíamos fazer perdidos na multidão de carneiros.”

Veja todas as obras escritas por Graciliano Ramos

Principais Obras de Graciliano Ramos publicadas em vida

  • Caetés, 1933 (romance)
  • São Bernardo, 1934 (romance)
  • Angústia, 1936 (romance)
  • Vidas secas, 1938 (romance)
  • A terra dos meninos pelados, 1939 (infantil)
  • Brandão entre o mar e o amor, 1942 (romance escrito com a autora Rachel de Queiroz, José Lins do Rego e Jorge Amado)
  • Histórias de Alexandre, 1944 (infantil)
  • Infância, 1945 (memórias)
  • Dois dedos, 1945 (contos)
  • Histórias incompletas, 1946 (contos)
  • Insônia, 1947 (contos)

Principais Obras póstumas de Graciliano Ramos 

  • Memórias do cárcere, 1953 (memórias)
  • Viagem, 1954 (crônicas)
  • Linhas tortas, 1962 (crônicas)
  • Alexandre e outros heróis, 1962 (infantil)
  • Viventes das Alagoas,1962 (crônicas, ensaios e textos ficcionais)
  • Cartas (correspondência)
  • Cartas de amor a Heloísa (correspondência)
  • Garranchos (crônicas, artigos, discursos e textos inéditos)
  • Cangaços, 2014 (crônicas e outros textos inéditos)
  • Conversas, 2014 (entrevistas)

5 trechos relevantes escritos pelo autor

Para entender sobre as principais obras de Graciliano Ramos, é fundamental ler um pouco os escritos do autor. Por isso, separamos 5 trechos de sua autoria. Veja abaixo:

“Só conseguimos deitar no papel os nossos sentimentos, a nossa vida. Arte é sangue, é carne. Além disso, não há nada.  As nossas personagens são pedaços de nós mesmos, só podemos expor o que somos.” 

Trecho de carta enviada em novembro de 1949 à sua irmã, Marili.

“O bonde chega ao fim da linha, volta. Bairro miserável, casas de palha, crianças doentes. Barcos de pescadores, as chaminés dos navios, longe.” 

Trecho do livro Angústia

“Emoções indefinidas me agitam — inquietação terrível, desejo doido de voltar, tagarelar novamente, como fazíamos todos os dias, a esta hora. Saudade? Não, não é isto: é desespero, raiva, um peso enorme no coração.” 

Trecho do livro São Bernardo

“Hoje não canto nem rio. Se me vejo ao espelho, a dureza da boca e a dureza dos olhos me descontenta.” 

Trecho do livro São Bernardo

Quais são as principais características do autor?

Se você chegou até aqui, é quase certo que já entendeu um pouco sobre o perfil do autor e de suas obras. Porém, queremos facilitar ainda mais. Por isso, preparamos essa lista para você não se confundir. 

Veja abaixo:

  • Crítica Social;
  • Romances de natureza regionalista;
  • Pessimismo em relação ao homem e a sociedade;
  • Narrativa circular;
  • Linguagem direta;
  • Análise Psicológica.

Faça faculdade com o Beduka

Se você está aqui porque as principais obras de Graciliano Ramos caem no vestibular, vou te dizer uma coisa:

Não é preciso se preocupar tanto! 

O Beduka tem um jeito muito mais fácil de entrar em uma universidade, sem provas e totalmente desvinculado do Enem.

Estou falando do Beduka Bolsas! Nessa plataforma, você tem chance de ganhar bolsas de 65% para vários cursos, cidades e modalidades.

Basta escolher a bolsa para o curso dos seus sonhos e gerar a sua Carta Matrícula. Pronto! Já pode estudar. E você pode fazer isso em qualquer época do ano. Estudar nunca foi tão fácil! 

No mais, espero que nosso artigo sobre as principais obras de Graciliano Ramos, tenha te ajudado.

Se você quiser algum tema que a gente ainda não tenha escrito sobre, é só mandar um direct no Instagram que vamos providenciar!

No mais, ainda queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador