ExercíciosHistória

Os 10 Melhores Exercícios Sobre Idade Antiga com Gabarito

Exercícios Sobre Idade AntigaExercícios Sobre Idade Antiga

A Idade Antiga é um dos recortes da história usados pelos historiadores de forma didática para facilitar o ensino e a pesquisa. É o maior período histórico da humanidade, após a pré-história. Muitas questões de vestibulares tratam deste assunto. Para se preparar para as provas, leia nosso resumo sobre o tema e responda os exercícios sobre Idade Antiga que separamos.

Se quiser ir diretamente para alguma parte do texto, clique em algum dos tópicos abaixo:

Quando você terminar de responder os exercícios sobre Idade Antiga, que tal organizar seus estudos para o Enem com o Plano de Estudos Beduka?

O que foi a Idade Antiga?

Você já deve ter ouvido falar em Idade Média, Idade Moderna, Modernidade, etc. Elas são períodos da história. Os historiadores dividem a história humana desta forma para fins didáticos. Isso facilita o ensino e a pesquisa.

A Idade Antiga, ou Antiguidade, é um destes períodos. Ela fica compreendida entre 3500 a.C. e 470 d.C.

Os marcos para esta periodização são, respectivamente, o surgimento da escrita cuneiforme na Suméria, e a queda do Império Romano do Ocidente.

A Idade Antiga, ou Antiguidade, é vista, principalmente, como o momento do desenvolvimento das civilizações orientais e civilizações clássicas

Os destaques das sociedades orientais são Egito, Mesopotâmia, Hebreus, Fenícia e Pérsia. As civilizações clássicas são as grega e romana.

Quais foram as principais civilizações da Idade Antiga?

As primeiras civilizações humanas surgiram na região do Crescente Fértil, no Oriente Médio, entre os rios Tigre e Eufrates. Esta região ficou conhecida como Mesopotâmia, termo grego que significa “entre rios”.

Foi nesta região que surgiu a primeira forma de escrita da humanidade, na civilização suméria, por volta do ano 3500 a.C. Os mesopotâmios também são responsáveis por um dos conjuntos de leis mais antigos, o código de Hamurabi, escrito na Babilônia.

Os mesopotâmios influenciaram na organização de uma outra civilização, o Egito, ao menos na escrita.

O Egito foi uma civilização que surgiu no delta do Rio Nilo, região em que ele se divide em diversos braços para desaguar no mar Mediterrâneo. Enchentes tornavam fértil a região, que é rodeada por um deserto.

O surgimento do reino do Egito se deu a partir da unificação de pequenas comunidades da região, conhecidas como “nomos”. Dos “nomos” formaram-se os reinos do Alto e do Baixo Egito. Os reinos foram unificados em 3200 a.C., pelo faraó Menés.

Além dos mesopotâmios e dos egípcios, outra civilização conhecida é a grega. Talvez seja a mais conhecida de todas, devido ao grau de conhecimentos deixados para a posteridade, como a Filosofia e a Matemática.

Você com certeza já ouviu falar em Teorema de Tales, ou de Pitágoras. Pois bem, ambos eram gregos e viveram neste momento da história.

Ao contrário do que muita gente acredita, a Grécia Antiga não era um único país, mas sim um conjunto de cidades-estados que compuseram o que se chama de mundo grego. As cidades eram independentes entre si, mas mantinham costumes em comum.

Isso se dava pela formação de redes de contato que mantinham entre si, estabelecendo uma cultura muito similar. A língua, a religiosidade, as formas artísticas e mesmo as políticas eram muito parecidas.

Os gregos foram formados por outros quatro povos: os Jônios, os Aqueus, os Eólios e os Dórios.

Os gregos permaneceram como uma civilização independente até a conquista dos macedônios, promovida pelo Rei Filipe II. Seu filho, Alexandre, o grande, expandiu o império macedônio para o oriente, levando os conhecimentos gregos para lá.

Contudo, os gregos também foram influenciados pelas ideias orientais, principalmente algumas formas religiosas de culto ao imperador

Isso chegaria também aos romanos, que fizeram uma série de conquistas, inclusive dos gregos, tornando-se um império.

Roma surgiu como uma cidade, na região do Lácio, no centro da Itália atual. Teve três formas de governo ao longo de sua história: monarquia, república e império. Foi no período republicano que realizou suas conquistas.

No ano de 470 d.C., porém, o império romano caiu, com a deposição do último imperador, Rômulo Augusto. Isso se deu após uma série de invasões dos povos germânicos, que habitavam às margens do império.

Agora que você já sabe o que foi a Idade Antiga e suas principais civilizações, responda os exercícios sobre ela que separamos.

Exercícios sobre Idade Antiga

Questão 1- (Consesp – adaptado) As Guerras Médicas, também conhecidas como Guerras Greco-Persas, foram

a) conflitos militares entre as cidades-estado de Atenas e Esparta.

b) duas guerras ocorridas na Antiguidade, entre as cidades-estado gregas e os persas do Império Aquemênida (primeiro Império Persa).

c) episódios isolados de conflitos ocorridos entre os anos de 431 e 404 a.C. Essa guerra foi relatada detalhadamente por dois historiadores da Grécia Antiga, Xenofonte e Tucídides.

d) conflitos sangrentos que se arrastaram por mais de 200 anos e só terminaram em abril de 404 a.C., após a rendição de Atenas e a conquista espartana em Helesponto.

e) nenhuma das alternativas.

Questão 2- (Gualimp) Considerando as características da religião e religiosidade egípcia, leia as afirmações e responda:

I. Os antigos egípcios eram politeístas, seus deuses tinham formas humanas, humanas e animais, ou somente formas animais.

II. Os antigos egípcios cultuavam o sol como um deus, chamado de Rá.

III. Os egípcios nunca foram monoteístas, e recusavam totalmente qualquer ideia unificadora na religião.

IV. A mumificação era uma técnica de conservação do corpo, que, segundo suas crenças, deveria ser preservado para quando a alma voltasse, e era de exclusividade do Faraó.

V. O chamado Livro dos mortos era uma reunião de textos de orientação das obrigações que o morto deveria cumprir em sua viagem para o além.

Estão CORRETOS:

a) Apenas os itens I e II.

b) Apenas os itens III e IV.

c) Apenas os itens I, II e V.

d) Apenas os itens III, IV e V.

e) Todos os itens.

Questão 3 –  (Fundatec) Dorigo (2011) enfatiza que, no momento da história grega em que ocorre a consolidação da pólis, tem-se início o período denominado:

a) Pré-Homérico

b) Homérico

c) Arcaico

d) Clássico

e) Helenístico

Questão 4 – (AMEOSC – adaptado) Qual fator geográfico possibilitou o desenvolvimento da civilização egípcia na Antiguidade?

a) A presença de cidades que possuíam conhecimento avançado em técnicas de produção de armamento.

b) A existência de florestas que produziam frutos para o consumo da população.

c) A existência do rio Nilo, que, além de fertilizar as terras e possibilitar a prática da agricultura, servia para a pesca.

d) O clima chuvoso da região, que favorecia a prática da agricultura.

e) Nenhuma das alternativas.

Questão 5 –  (UFRGS 2016) Com relação à história dos grupos sociais da Antiguidade, assinale a alternativa correta.

a) Os povos etruscos habitavam uma zona fluvial de inundações periódicas, no vale entre os rios Tigre e Eufrates, e tinham economia baseada em produtos agrícolas que dependiam dos períodos de cheias dos rios.

b) A difusão da escrita cuneiforme pelos gregos, no século VIII a.C., permitiu o registro dos fatos memoráveis do passado, criando as condições propícias para o desenvolvimento da tragédia grega que teve em Homero seu principal precursor.

c) A ausência de uma codificação jurídica que permitisse a unificação das diversas regiões da Mesopotâmia, sob o domínio dos reis babilônicos, está entre as principais causas da queda do Império da Babilônia.

d) A civilização hebraica caracterizou-se por uma estrutura matriarcal de sociedade, pelo politeísmo como crença religiosa e pela recusa do uso do trabalho escravo.

e) O reino de Kush, com forte influência egípcia, serviu como elo de ligação entre a África central e o mundo mediterrâneo, além de estabelecer rotas comerciais entre o baixo e o alto vale do Nilo.

  • Muito bem! Você chegou à metade dos exercícios sobre a Idade Antiga. Continue fazendo o restante.

Questão 6 – (Uefs 2018) Uma opinião aceita amplamente é a de que os gregos receberam o alfabeto dos povos fenícios. O nosso próprio alfabeto é derivado do alfabeto grego. Os

intermediários foram os etruscos, cuja escrita foi transmitida aos romanos.

(John F. Healey. “O primeiro alfabeto”. In: Lendo o passado, 1996. Adaptado.)

O excerto explicita a existência de

a) igualdades culturais, linguísticas e políticas entre as sociedades das antiguidades Oriental e Clássica.

b) desenvolvimentos paralelos e independentes dos povos mesopotâmicos, semitas, africanos e greco-romanos.

c) encontros intercivilizacionais e políticos decorrentes da formação do antigo Império Egípcio na Europa e na Ásia.

d) diálogos e trocas culturais transcorridos na região do Mar Mediterrâneo na Antiguidade.

e) vínculos necessários entre difusão de regimes democráticos e formação cultural dos cidadãos. 

Questão 7-  (Enem) Com efeito, até a destruição de Cartago, o povo e o Senado romano governavam a República em harmonia e sem paixão, e não havia entre os cidadãos luta por glória ou dominação; o medo do inimigo mantinha a cidade no cumprimento do dever. Mas, assim que o medo desapareceu dos espíritos, introduziram-se os males pelos quais a prosperidade tem predileção, isto é, a libertinagem e o orgulho.

SALUSTIO. A conjuração da Catilina/A guerra de Jugurta Petrópolis Vozes. 1990 (adaptado).

O acontecimento histórico mencionado no texto de Salústio, datado de I a.C., manteve correspondência com o processo de

a) demarcação de terras públicas.

b) imposição da escravidão por dívidas.

c) restrição da cidadania por parentesco.

d) restauração de instituições ancestrais.

e) expansão das fronteiras extrapeninsulares.

Questão 8 – (ENEM) Na Grécia, o conceito de povo abrange tão somente aqueles indivíduos considerados cidadãos. Assim é possível perceber que o conceito de povo era muito restritivo. Mesmo tendo isso em conta, a forma democrática vivenciada e experimentada pelos gregos atenienses nos séculos IV e V a.C. pode ser caracterizada, fundamentalmente, como direta.

MANDUCO, A Ciência Política. São Paulo: Saraiva. 2011.

Naquele contexto, a emergência do sistema de governo mencionado no excerto promoveu o(a)

a) competição para a escolha de representantes.

b) campanha pela revitalização das oligarquias.

c) estabelecimento de mandatos temporários.

d) declínio da sociedade civil organizada.

e) participação no exercício do poder.

Questão 9 –  (ENEM) Quando se trata de competência nas construções e nas artes, os atenienses acreditam que poucos sejam capazes de dar conselhos. Quando, ao contrário, se trata de uma deliberação política, toleram que qualquer um fale, de outro modo não existiria a cidade.

BOBBIO, N. Teoria geral da política. Rio de Janeiro: Elsevier, 2000 (adaptado).

De acordo com o texto, a atuação política dos cidadãos atenienses na Antiguidade Clássica tinha como característica fundamental o(a)

a) dedicação altruísta em ações coletivas.

b) participação direta em fóruns decisórios.

c) ativismo humanista em debates públicos.

d) discurso formalista em espaços acadêmicos.

e) representação igualitária em instâncias parlamentares.

Questão 10 – (ENEM) Pois quem seria tão inútil ou indolente a ponto de não desejar saber como e sob que espécie de constituição os romanos conseguiram em menos de cinquenta e três anos submeter quase todo o mundo habitado ao seu governo exclusivo – fato nunca antes ocorrido? Ou, em outras palavras, quem seria tão apaixonadamente devotado a outros espetáculos ou estudos a ponto de considerar qualquer outro objetivo mais importante que a aquisição desse conhecimento?

POLÍBIO. História, Brasília: Editora UnB, 1985.

A experiência a que se refere o historiador Políbio, nesse texto escrito no século II a.C., é a

 a) ampliação do contingente de camponeses livres.

 b) consolidação do poder das falanges hoplitas.

 c) a concretização do desígnio imperialista.

 d) adoção do monoteísmo cristão.

 e) libertação do domínio etrusco.

  • Parabéns, você fez todos os exercícios sobre Idade Antiga. Confira agora o Gabarito:

Gabarito dos exercícios sobre Idade Antiga.

Exercício resolvido da questão 1 –

Alternativa correta: letra b) duas guerras ocorridas na Antiguidade, entre as cidades-estado gregas e os persas do Império Aquemênida (primeiro Império Persa).

Exercício resolvido da questão 2 –

alternativa correta: letra c) Apenas os itens I, II e V. 

Exercício resolvido da questão 3 –

Alternativa correta: letra c) Arcaico

Exercício resolvido da questão 4 –

Alternativa correta: letra c) A existência do rio Nilo, que, além de fertilizar as terras e possibilitar a prática da agricultura, servia para a pesca. 

Exercício resolvido da questão 5 –

Alternativa correta: letra e) O reino de Kush, com forte influência egípcia, serviu como elo de ligação entre a África central e o mundo mediterrâneo, além de estabelecer rotas comerciais entre o baixo e o alto vale do Nilo.

Exercício resolvido da questão 6 –

Alternativa correta: letra d) diálogos e trocas culturais transcorridos na região do Mar Mediterrâneo na Antiguidade. 

Exercício resolvido da questão 7 –

Alternativa correta: letra e) expansão das fronteiras extrapeninsulares

Exercício resolvido da questão 8 –

Alternativa correta: letra e) participação no exercício do poder.

Exercício resolvido da questão 9 –

Alternativa correta: letra b) participação direta em fóruns decisórios.

Exercício resolvido da questão 10 –

Alternativa correta: letra  c) a concretização do desígnio imperialista.

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou dos nossos exercícios sobre idade antiga? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre as áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador