Literatura

Exercícios sobre Realismo

Exercícios sobre RealismoExercícios sobre Realismo

O Realismo foi um movimento artístico e literário que teve o seu surgimento no século XIX na Europa. O movimento realista se opõe ao romantismo e faz críticas sociais e da realidade presente. Leia o resumo e faça exercícios sobre realismo.

Na prova do ENEM, no caderno de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, os exercícios sobre realismo podem ser cobrados. Leia o nosso artigo e pratique com nossos exercícios sobre realismo.

O que é Realismo?

O realismo é um movimento artístico focado em representar ao máximo a realidade vivida pela sociedade, por meio de críticas e temas sociais, de maneira simples e culta. 

Aproveite e faça os exercícios sobre Naturalismo e Realismo!

A linguagem usada é direta e objetiva, sem a presença do subjetivismo. O realismo é considerado contra o romantismo, por ser contrário à imaginação e ao subjetivo.

Esse movimento artístico foi fundamental na área política, pois denunciou diversos problemas sociais. Ele retratou na literatura, nas artes plásticas, no teatro, entre outros, questões como a pobreza, exploração laboral e a corrupção.

Contexto Histórico

O realismo teve o seu surgimento na França, no século XIX e durou cerca de duas décadas. 

Nessa época, o mundo passava por grandes mudanças e descobertas como a Revolução Industrial; o uso da eletricidade, petróleo e do aço; o surgimento do telefone, telégrafo, máquinas a vapor e de locomotivas.

Principais Características

  • Oposição às ideias do romantismo;
  • Impessoalidade do narrador;
  • Retrato mais parecido com a realidade;
  • Objetivismo e materialismo;
  • Universalismo e cientificismo;
  • Verdadeiro e contemporâneo;
  • Linguagem erudita, com muito conhecimento, descritiva, detalhada, direta e objetiva;
  • Temáticas sociais e cotidianas;
  • Preocupação com o agora, o presente;
  • Crítica aos valores burgueses, as instituições sociais e a igreja católica;
  • Buscavam entender o comportamento humano;
  • Não existe a idealização do personagem, como heróis;
  • Há o aprofundamento dos personagens.

Realismo no Brasil

No Brasil, o realismo surgiu no mesmo período em que as leis abolicionistas entravam em vigor e o país se transformava em uma república

Nesse contexto, o realismo retrata em suas obras brasileiras a crise da monarquia, as ideias abolicionistas e a realidade da sociedade.

A publicação de Memórias póstumas de Brás Cubas foi o ponto inicial do Realismo no Brasil, no qual Machado de Assis critica o contexto atual.

machado-de-assis Exercícios sobre Realismo

Principais Autores

Os principais autores e obras realistas são:

  • Gustav Flaubert: autor de “Madame Bovary”, romance que inaugurou o Realismo na Europa.
  • Eça de Queiroz: autor de “O Crime do Padre Amaro”, “O Primo Basílio”, entre outros.
  • Antero de Quental: algumas obras são “Sonetos de Antero”, “Odes Modernas” e “Raios de Extinta Luz”.
  • Cesário Verde: autor de “A Débil”, “Cadências Tristes”, “Flores Velhas”, “Heroísmos”, “Ironias do Desgosto”, “Setentrional”.
  • “Memórias póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis
  • “O Mulato”, de Aluísio Azevedo.
  • “Germinal”, de Emile Zola
  • “As flores do mal”, de Charles Baudelaire

Agora que já leu todo o resumo, faça os exercícios sobre Realismo.

Exercícios sobre Realismo

1 – (ENEM 2001)No trecho abaixo, o narrador, ao descrever a personagem, critica sutilmente um outro estilo de época: o romantismo.

“Naquele tempo contava apenas uns quinze ou dezesseis anos; era talvez a mais atrevida criatura da nossa raça, e, com certeza, a mais voluntariosa. Não digo que já lhe coubesse a primazia da beleza, entre as mocinhas do tempo, porque isto não é romance, em que o autor sobredoura a realidade e fecha os olhos às sardas e espinhas; mas também não digo que lhe maculasse o rosto nenhuma sarda ou espinha, não. Era bonita, fresca, saía das mãos da natureza, cheia daquele feitiço, precário e eterno, que o indivíduo passa a outro indivíduo, para os fins secretos da criação.”

ASSIS, Machado de. Memórias Póstumas de Brás Cubas.

Rio de Janeiro: Jackson, 1957.

A frase do texto em que se percebe a crítica do narrador ao romantismo está transcrita na alternativa:

a) …o autor sobredoura a realidade e fecha os olhos às sardas e espinhas…

b) …era talvez a mais atrevida criatura da nossa raça…

c) Era bonita, fresca, saía das mãos da natureza, cheia daquele feitiço, precário e eterno…

d) Naquele tempo contava apenas uns quinze ou dezesseis anos…

e) …o indivíduo passa a outro indivíduo, para os fins secretos da criação.

2 – (PUC-PR 2007)Sobre o Realismo, assinale a alternativa INCORRETA.

a) O Realismo surgiu na Europa, como reação ao Naturalismo.

b) O Realismo e o Naturalismo têm as mesmas bases, embora sejam movimentos diferentes.

c) O Realismo surgiu como consequência do cientificismo do século XIX.

d) Gustave Flaubert foi um dos precursores do Realismo. Escreveu Madame Bovary.

e) Emile Zola escreveu romances de tese e influenciou escritores brasileiros.

3 – (UFPR)Eça de Queirós afirmava:

“O Realismo é a anatomia do caráter. É a crítica do homem. É a arte que nos pinta a nossos próprios olhos – para nos conhecermos, para que saibamos se somos verdadeiros ou falsos, para condenar o que houver de mau na nossa sociedade.”

Para realizar essa proposta literária, quais os recursos utilizados no discurso realista? Selecione-os na relação abaixo e depois assinale a alternativa que os contém:

1- Preocupação revolucionária, atitude de crítica e de combate;

2- Imaginação criadora;

3- Personagens fruto da observação; tipos concretos e vivos;

4- Linguagem natural, sem rebuscamentos;

5- Preocupação com mensagem que revela concepção materialista do homem;

6- Senso de mistério;

7- Retorno ao passado;

8- Determinismo biológico ou social.

a) 1, 2, 3, 5, 7, 8

b) 1, 3, 4, 5, 8.

c) 2, 3, 4, 6, 7.

d) 3, 4, 5, 6, 8.

e) 2, 3, 4, 5, 8.

4 – (PUC) Leia os trechos abaixo:

I- “Gastei trinta dias para ir do Rocio Grande ao coração de Marcela… “

II- “Marcela amou-me durante quinze meses e onze contos de réis; nada menos.”

As duas citações acima integram o romance Memórias Póstumas de Brás Cubas, escrito por Machado de Assis. Delas pode inferir-se que:

a) em ambas há igual manifestação da relação temporal e espacial.

b) apenas em uma há referência espacial geográfica e sentimental.

c) nenhuma apresenta discrepância semântica entre as relações espaciais.

d) ambas operam com a relação de tempo e de espaço.

e) nenhuma revela discrepância semântica entre as relações temporais.

5 – (UEMG) Sobre o conteúdo e a estrutura do romance Dom Casmurro, todos os comentários das alternativas abaixo são coerentes e adequados, EXCETO:

a) Pela leitura da trama que orienta o enredo, o leitor é levado à conclusão de que o narrador-protagonista foi, de fato, traído pela sua amada, Capitu.

b) A reconstrução da casa no Engenho Novo para recuperação do espaço perdido em Mata- Cavalos não permite ao narrador a recuperação do seu passado.

c) O título do romance constitui uma referência irônica ao narrador e aponta o seu estado de conflito em relação ao passado.

d) A força da narrativa não se concentra no enredo, mas nas reflexões, digressões e na maneira ambivalente com que o narrador tenta reconstituir os fatos.

6 – (Mack) Assinale a alternativa correta.

“Mas Luísa, a Luisinha, saiu muito boa dona de casa; tinha cuidados muito simpáticos nos seus arranjos; era asseada, alegre como um passarinho, como um passarinho amiga do ninho e das carícias do macho; e aquele serzinho louro e meigo veio dar à sua casa um encanto sério. (…)

Estavam casados havia três anos. Que bom que tinha sido! Ele próprio melhorara; achava-se mais inteligente, mais alegre … E recordando aquela existência fácil e doce, soprava o fumo do charuto, a perna traçada, a alma dilatada, sentindo-se tão bem na vida como no seu jaquetão de flanela!”

(Eça de Queirós, O primo Basílio)

a) A prosa realista, com intuito moralizador, desmascara o casamento por interesse, tão comum no século XIX, para defender uma relação amorosa autêntica, segundo princípios filosóficos do platonismo.

b) A prosa romântica analisa mais profundamente a natureza humana, evitando a apresentação de caracteres padronizados em termos de paixões, virtudes e defeitos.

c) A prosa realista põe em cena personagens tipificados que, metamorfoseados em heróis valorosos, correspondem à expressão da consciência e valores coletivos.

d) A prosa realista, apoiando-se em teorias cientificistas do século XIX, empreende a análise de instituições burguesas, como o casamento, por exemplo, denunciando as bases frágeis dessa união.

e) A prosa romântica recria o passado histórico com o intuito de ironizar os mitos nacionais.

7 – (UFTM)Assinale a alternativa em que se encontram características da prosa do Realismo:

a) Objetivismo; subordinação dos sentimentos a interesses sociais; críticas às instituições decadentes da sociedade burguesa.

b) Idealização do herói; amor visto como redenção; oposição aos valores sociais.

c) Casamento visto como arranjo de conveniência; descrição objetiva; idealização da mulher.

d) Linguagem metafórica; protagonista tratado como anti-herói; sentimentalismo.

e) Espírito de aventura; narrativa lenta; impasse amoroso solucionado pelo final feliz.

8 – (ESPM) Assinale a opção que contenha trecho com a conhecida digressão metalinguística presente na obra de Machado de Assis:

a) Ora bem, faz hoje um ano que voltei definitivamente da Europa. O que me lembrou esta data foi, estando a beber café, o pregão de um vendedor de vassouras e espanadores: “Vai vassouras! vai espanadores!”.

b) Cuido haver dito, no capítulo XIV, que Marcela morria de amores pelo Xavier. Não morria, vivia. Viver não é a mesma cousa que morrer (…).

c) Rubião não sabia que dissesse; Sofia, passados os primeiros instantes, readquiriu a posse de si mesma; respondeu que, em verdade, a noite era linda (…).

d) Assim chorem por mim todos os olhos de amigos e amigas que deixo neste mundo, mas não é provável. Tenho-me feito esquecer.

e) Para não ser arrastado, agarrei-me às outras partes vizinhas, às

orelhas, aos braços, aos cabelos espalhados pelos ombros (…).

Respostas dos Exercícios sobre Realismo

Exercício resolvido da questão 1 –

a) … o autor sobredoura a realidade e fecha os olhos às sardas e espinhas…

Exercício resolvido da questão 2 –

a) O Realismo surgiu na Europa, como reação ao Naturalismo.

Exercício resolvido da questão 3 –

b)1, 3, 4, 5, 8.

Exercício resolvido da questão 4 –

b) apenas em uma há referência espacial geográfica e sentimental.

Exercício resolvido da questão 5 –

a) Pela leitura da trama que orienta o enredo, o leitor é levado à conclusão de que o narrador-protagonista foi, de fato, traído pela sua amada, Capitu.

Exercício resolvido da questão 6 –

d) A prosa realista, apoiando-se em teorias cientificistas do século XIX, empreende a análise de instituições burguesas, como o casamento, por exemplo, denunciando as bases frágeis dessa união.

Exercício resolvido da questão 7 –

a) Objetivismo; subordinação dos sentimentos a interesses sociais; críticas às instituições decadentes da sociedade burguesa.

Exercício resolvido da questão 8 –

b) Cuido haver dito, no capítulo XIV, que Marcela morria de amores pelo Xavier. Não morria, vivia. Viver não é a mesma cousa que morrer (…).

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou dos nossos Exercícios sobre Realismo? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador