Atualidades

O que é Gestão de Resíduos, como fazer, vantagens e consequências!

Entenda como ocorre a Gestão de Resíduos, qual sua importância e como é penalizado quem não faz!Entenda como ocorre a Gestão de Resíduos, qual sua importância e como é penalizado quem não faz!

A Gestão de Resíduos é um conjunto de processos que estuda e diminui os danos ambientais, sociais e financeiros que surgem nas atividades humanas. Eles são muito importantes e vantajosos para as empresas e toda a sociedade. Além disso, é previsto por lei, então quem não cumprir sofre penalizações.

Neste artigo sobre Gestão de resíduos, você encontrará:

  1. O que é Gestão de Resíduos?
  2. Qual é sua importância?
  3. De quem é a responsabilidade?
  4. Como fazer gestão de resíduos sólidos?
  5. Vantagens de realizá-la
  6. Consequências da falta de gerenciamento dos resíduos

O que é Gestão de resíduos?

Gestão de Resíduos é o conjunto de ações que buscam diminuir o impacto gerado pelas atividades humanas. O próprio nome indica que deverá ser feito um gerenciamento das sobras que surgem durante a produção das coisas. 

Em outras palavras, a gestão incentiva adotar medidas planejadas e efetivas para minimizar os danos ambientais, financeiros e sociais

Todas as atividades econômicas geram algum tipo de resíduo, principalmente sólidos. Isso ocorre durante as várias etapas dos processos, então o gerenciamento de resíduos envolve as etapas de coleta, transporte, transbordo, tratamento, destinação e disposição final.

A legislação do Brasil que diz como deve ser uma gestão de resíduos adequada é a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Se tiver curiosidade, você pode consultar a Lei nº 12.305/2010 do Ministério do Meio Ambiente para entender mais a fundo.

Essa Lei diz que a gestão de resíduos deve se certificar de que esteja havendo o máximo de reaproveitamento, reciclagem e redução. Sim, estamos falando dos “3 Rs” que aprendemos desde pequenos…

Qual a importância da Gestão de Resíduos?

O consumismo nos dias atuais tem gerado um enorme acúmulo de resíduos sólidos, causando consequências graves para a saúde humana e para a preservação da natureza.

Só no Brasil, cada pessoa produz em média 1kg de “Lixo” por dia! No final de um ano, o total de resíduos urbanos chega a cerca de 78,6 milhões de toneladas. Dá pra acreditar?

Desse total, é possível reciclar 31,9% (metal, plástico, vidro e papel), pois 51,4% é material orgânico e 16,7% são de outras categorias. Ainda assim, somente 3% são reciclados e a maioria é conduzida de forma incorreta (aterros ou lixões). 

Diante desse cenário quase catastrófico, é urgente que a Gestão de Resíduos Sólidos seja aplicada, pois ela combate justamente os problemas acima. 

Assim, podemos ver a importância do gerenciamento em vários setores:

  • Busca a redução do consumo e da produção de resíduos;
  • Incentiva o reaproveitamento e reciclagem;
  • Planeja o tratamento adequado das sobras, evitando que contaminem solo e água;
  • Evita a disseminação de doenças, ajudando na saúde pública;
  • É uma aliada da preservação do meio ambiente;
  • Minimiza o risco de acidentes ambientais;
  • Diminui o prejuízo das empresas, pois se gasta muito dinheiro com algo que acaba se perdendo.

De quem é a responsabilidade pela Gestão de Resíduos?

A lei afirma que cada gerador é responsável pelo resíduo gerado, ou seja, a empresa ou pessoa que produziu o resíduo deve lidar com ele. Também diz que a gestão deve começar desde a fonte geradora, estudando as causas e não apenas as consequências.

Já entendemos que quem deve trabalhar na prática e “pôr a mão na massa” é quem produziu. Porém, o gerenciamento de resíduos é do interesse de todos porque os benefícios serão aproveitados por todos. 

Além disso, é o Governo quem elabora as questões de lei e fiscalização. Portanto, a gestão de resíduos sólidos pode ser dividida entre os poderes públicos, as empresas e toda a população. 

É claro que as empresas (industriais, educacionais e hospitalares) são quem mais produz resíduos. Mas você já viu que cada brasileiro produz em média 1kg de lixo por dia, então a ideia também é válida para o nosso dia a dia. 

Seja em casa ou em algum empreendimento, é essencial que cada setor da sociedade busque seguir os “3 Rs”: reduzir, reutilizar e reciclar.

Como fazer a Gestão de Resíduos Sólidos?

O gerenciamento de resíduos busca mapear os processos de uma empresa, analisar os resíduos gerados em cada processo, classificar e contar essas sobras, observar como está o armazenamento e identificação delas e ver como e onde ocorre a destinação.

Mesmo que pareça burocrático, hoje existem plataformas desenvolvidas especialmente para ajudar nisso. Esses softwares analisam as necessidades dos clientes, como se relaciona aos controles dos processos, calcula e armazena dados automaticamente.

Existe ainda a função do gerenciador de resíduos familiares. Ele é responsável pela separação dos rejeitos e a disposição de coleta pública adequada. Assim, ele está associado ao serviço público de manejo dos materiais sólidos.

Fazer o gerenciamento pode parecer complicado e cansativo no início, principalmente na classificação e caracterização do resíduo. Mas tudo na vida só requer um pouco de prática e persistência para fluir. Além disso, trataremos dos benefícios mais pra frente.

Para fazer gestão de resíduos, as empresas seguem uma ordem de prioridade. Isso significa que devem se empenhar ao máximo na primeira ação e, se ainda houver detritos, minimizá-los no próximo passo (e assim por diante).

A ordem de ações em prioridade é:

  1. Não geração;
  2. Redução;
  3. Reutilização;
  4. Reciclagem;
  5. Tratamento dos resíduos sólidos;
  6. Disposição final adequada.

Vamos entender no que consistem essas ações:

Não geração

less trash more recycling menos lixo mais reciclagem bloquinhos de madeira formando palavras

Falar em lixo automaticamente leva o nosso pensamento para as etapas finais do sistema de produção. Mas a questão é mais profunda…Se hoje temos um lixo, é porque algo foi comprado. Assim, a primeira prioridade é pensar no que podemos fazer para não gerá-lo.

Um exemplo muito comum é o uso dos copos de plástico ou das folhas para enviar comunicados. Se as instituições e empresas incentivarem ou obrigarem o uso de copos/canecas/garrafas e enviarem os comunicados via digital, já haveria diferença.

Eles não teriam gastos por ficarem comprando material e, como consequência, não haveria geração desse tipo de lixo. 

Redução

A Redução é algo muito próximo da não-geração, porque também está relacionada ao início desse fluxo. Ela consiste em analisar se a quantidade de itens adquiridos pode ser reduzida. 

Outro exemplo é ver com o fornecedor se há como reduzir o impacto das embalagens, modificando seu volume. (diminuir plásticos bolha, papéis embrulhados, etc.).

Reutilização

É provável que você já tenha ouvido falar desse conceito e até já faça isso! Reutilizar significa usar de novo, simples não é?

Muitas embalagens, embrulhos, tecidos, objetos e utensílios podem ser usados de novo, seja para uma nova função ou a mesma de antes. Um exemplo disso é guardar embrulhos de presentes para embalar os futuros presentes menores.

As caixas de sapatos podem ser usadas como local para armazenar tintas, pincéis, ferramentas ou o que você quiser! É nessas horas que você deixa sua criatividade aflorar!

Essa educação do “não desperdício” deve ser incorporada na nossa cultura, desde pequenos. Assim, as empresas poderão usar esse raciocínio de acordo com sua realidade. Todos os colaboradores deveriam refletir antes de jogar alguma coisa fora! 

Reciclagem

mulher separando material para reciclagem e gestao de residuos

Se você já deixou de gerar algumas coisas, reduziu outras e reutilizou aquelas, mas mesmo assim sobrou resíduos, ainda há opções!

A reciclagem é mais um daqueles conceitos que ouvimos desde pequenos. O ato de reciclar é pegar aquele material que seria descartado e modificar sua composição física ou química para que vire a matéria-prima para outras coisas.

Desse modo, não seria preciso extrair coisas da natureza para fabricar outras.

Mesmo que você não seja um operador de reciclagem, é importante que todos tenham consciência na separação dos materiais na hora do descarte.

Quando você mistura o lixo orgânico com o vidro, fica muito difícil de reciclar algum deles, pois usam processos diferentes e estarem juntos atrapalha as coisas. 

Portanto, tente separar o seu lixo em orgânicos e não orgânicos. Se possível, procure o ponto de coleta seletiva do seu bairro, buscando segregar papel, plástico, vidro e metal. Também o governo deve providenciar esses postos e divulgá-los mais.

Tratamento

Se as empresas e famílias fizessem todos os passos acima, ainda assim sobrariam alguns substratos. Portanto, tudo deveria ser encaminhado para as usinas de tratamento.

Lá, esses detritos sofrem mudanças que podem levá-los à reciclagem ou não. Se não levar, ao menos o material estará em uma forma menos agressiva quando for despejado em um ambiente.

As empresas devem direcionar de forma correta os seus resíduos para essas estações, bem como o governo municipal e estadual deve saber como conduzir a partir daí.

Até mesmo as sobras orgânicas podem ser tratadas e virarem adubo!

Vantagens do gerenciamento de resíduos

Como foi dito, a gestão de detritos é do interesse de todos os setores sociais porque traz benefício a todos. Listamos abaixo 13 vantagens:

  • Auxilia no cumprimento da Política Nacional de Resíduos;
  • Evita multas e penalizações;
  • Facilita a organização e fiscalização de dados, relatórios e documentos;
  • Padroniza a comunicação com os fornecedores;
  • Diminui a possibilidade de desastres ambientais;
  • Reduz prejuízos e custos da empresa com gastos excessivos;
  • É oportunidade para ganhar dinheiro com compra e venda de sobras;
  • Separação adequada de materiais para melhor reciclagem;
  • Contribui para uma imagem positiva de sustentabilidade, chamando atenção da sociedade e de novos parceiros;
  • Ajuda a saúde pública com a redução da sujeira e da proliferação de animais;
  • Melhoria na eficiência do sistema e aumento da produtividade;
  • Redução de impactos ambientais;

Você é uma daquelas pessoas que tem fome de conhecimento? Então siga o Beduka no Instagram para conteúdos diários!

Consequências da falta de gestão adequada

Para finalizar, vamos te contar o que pode acontecer de ruim com aquelas organizações que não se esforçam para gerenciar suas sobras.

Para as empresas e corporações, pode acontecer:

  • Multas e sanções ambientais;
  • Escândalos por degradação meio ambiente;
  • A imagem negativa causa desaprovação da população e perda de investidores;
  • Impedimento das operações de produção de uma empresa, por causa dessa falta de cuidado;
  • O crime ambiental tem pena de reclusão de um a cinco anos.

Vale lembrar que é crime lançar resíduos sólidos em praias, mares, cursos d’água, em natureza a céu aberto ou queimar detritos indiscriminadamente. Essa lei se aplica tanto a pessoas jurídicas (empresas) quanto a pessoas físicas (cidadãos).

Para o meio ambiente e a sociedade, as más consequências são:

  • Contaminação do solo com fungos, bactérias e elementos tóxicos;
  • Contaminação das águas de chuva, rios, lagos, oceanos e lençol freático;
  • Aumento da população de ratos, baratas, moscas, e animais peçonhentos;
  • Problemas na saúde de toda a população, seja por contaminação ou infestação;
  • Entupimento das redes de esgoto e drenagem;
  • Assoreamento dos cursos d’água;
  • Incêndios grandes e de difícil combate;
  • Destruição da camada de ozônio e favorecimento do aquecimento global.

Gostou do nosso artigo sobre Gestão de resíduos? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador