História

Descubra como funcionava o escambo! A forma mais antiga de troca comercial

como funcionava o escamboComo funcionava o escambo?
Instagram do Beduka

O dinheiro é uma realidade relativamente nova na história da humanidade. A maior parte do tempo, as pessoas realizavam o escambo como forma de comercialização. Neste texto te explicaremos como funcionava o escambo e quando ele deu espaço para a monetarização da economia.

Neste texto vamos falar sobre como funcionava o escambo, caso queira ir diretamente para alguma parte do texto, clique em um dos tópicos:

O escambo estava presente na Idade Média, você pode testar seus conhecimentos sobre este período com o Simulado Enem do Beduka. É totalmente gratuito!

O que é escambo?

Quando você vai ao mercado, troca dinheiro por coisas. Mas nem sempre o uso de papel ou moeda foi possível e as pessoas utilizavam o escambo.

Escambo é a troca de bens entre indivíduos sem qualquer moeda intermediária. Ou seja, um produto é trocado por outro, desde que ambas as partes estejam de acordo.

Pode ser que os produtos não tenham um valor de mercado equivalente, mas os negociantes entendem que fazer o escambo vale a pena. Atualmente o escambo caiu em desuso na maior parte do mundo, graças ao desenvolvimento do dinheiro, mas foi o principal meio comercial do passado.

Vamos entender como funcionava o escambo e como ele deixou de ser o método mais difundido de comércio.

Como funcionava o escambo?

O escambo funcionava de modo generalizado na Idade Antiga e na Idade Média. Isso aconteceu porque a monetarização da economia ainda não estava estabelecida, sendo raro o uso de moedas, reservado a certas sociedades, como a romana.

Deste modo, o dinheiro como conhecemos hoje não era o meio principal de compra. As pessoas trocavam suas produções.

Por exemplo, você planta arroz e eu feijão. Nós não temos um acordo sobre uma unidade de valor que sirva para comprar tanto o arroz, quanto o feijão. Assim, preferimos trocar entre nós um quilo de cada produto.

Com o tempo, percebe-se que um produto é mais escasso do que outros. Assim, ele adquire um valor maior sobre os demais. Agora 1kg do seu produto não paga mais 1kg do outro mais valioso. Você precisa pagar com 2kg.

Tanto na antiguidade, quanto na Idade Média, o escambo foi praticado. Mas no final do século XIII a fabricação de moedas foi ganhando mais espaço. No Renascimento já havia uma proporção maior de dinheiro circulando, principalmente nas cidades. Deste modo, o escambo foi perdendo sua predominância.

Como funcionava o escambo no Brasil?

No Brasil o escambo foi praticado principalmente no período do Descobrimento. Os portugueses que chegavam aqui faziam trocas com os índios, principalmente entre troncos de pau-brasil e utensílios domésticos.

Algumas pessoas apontam que isso era uma forma de exploração. Contudo, tudo que os indígenas realizavam era a partir de sua cultura, como apontou John Manuel Monteiro em seu livro “Os Negros da Terra”.

Os índios imaginavam que levavam vantagem no comércio que estavam praticando.

Beduka Bolsas Direito

Muito provavelmente o escambo também fez parte das trocas comerciais das populações indígenas antes da chegada dos europeus. Ou seja, no período pré-colonial.

  • O escambo funcionava como parte do sistema econômico colonial brasileiro. Saiba mais sobre ele com nosso texto sobre o Brasil Colônia.

Existe escambo atualmente?

As práticas sociais não são as mesmas para os mesmos povos. Por isso, nem toda a economia foi monetarizada e mesmo as que foram possuem suas diferenças.

Existem povos na África que utilizam conchas como moeda. Para nós, são insignificantes, mas para eles, têm valor. E em muitos lugares do mundo as trocas de produtos ainda são muito comuns.

Em diversas cidades do Brasil existem feiras onde as pessoas fazem esse tipo de comércio. Mas é preciso se atentar ao fato de como funciona o escambo nestas situações, pois alguns produtos podem ser roubados e o comprador pode ser preso por crime de receptação.

O Beduka te conecta à faculdade!

Agora que você já aprendeu como funcionava o escambo, nós queremos te oferecer um bem bastante precioso.

Um desconto na mensalidade do curso de sua escolha! E sem escambo, sem trocas, sem precisar pagar a matrícula.

Temos um programa para te conceder descontos nas mensalidades de diversos cursos em faculdades de renome de todo o país. E é muito fácil conseguir!

Para isso, basta você acessar o Beduka Bolsas, uma plataforma feita com o objetivo de ofertar bolsas até 65% em faculdades de excelência pelo Brasil!

Ela fica aberta 24 horas por dia. Se você quiser, pode comprar uma bolsa agora mesmo. Não é legal?

Saiba que com uma bolsa você pode conseguir mais de 3 mil reais de economia. É uma oportunidade única!

Fique por dentro das novidades sobre o Enem e universidades com nosso perfil no instagram.

Obrigado por ter lido até aqui!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador