Literatura

O que foi o Barroco?

O que foi o Barroco?O que foi o Barroco?

O Barroco é movimento artístico que surgiu no século XVI e durou até o século XVIII. Para diversos pesquisadores o Barroco constitui não apenas um estilo artístico, mas todo um período histórico e um movimento sociocultural, onde se formularam novos modos de entender o mundo, o homem e Deus.

Está estudando as Escolas Literárias e ainda não sabe o que foi o Barroco? Então confira esse artigo completo sobre o tema. Nele falaremos:

  1. O que foi o Barroco;
  2. O contexto histórico desse movimento;
  3. Suas principais características;
  4. Como foi o Barroco no Brasil.

Teste os seus conhecimentos com os Exercícios sobre Barroco!

As Escolas Literárias são temas bastante importantes e caem de forma importante no caderno de Linguagens, Códigos e suas tecnologias do Enem e de outros principais vestibulares! 

Estude com o simulado do Beduka. É grátis!

1- O que foi o Barroco?

O Barroco é um estilo artístico que surgiu no século XVI e se estendeu até o início do século XVIII. Esse movimento dominou a arquitetura, a pintura, a literatura e a música, por isso, toda a cultura desse período, incluindo costumes, valores e relações sociais, é chamada de “barroca”.

O Barroco surgiu no final do Renascimento e se manifestava através da grande ostentação e extravagância entre os grupos que eram beneficiados pelas riquezas da colonização. Essa estética é caracterizada pelo excesso de ornamentos e representações do divino

Este movimento surgiu com a missão de resgatar as ideias teocentristas e conter a Reforma Protestante de Martinho Lutero. Ou seja, o Movimento Barroco surgiu como uma ferramenta de Contrarreforma. 

2- Contexto Histórico do Barroco

Durante o século XVI, ocorreu uma crise dos valores renascentistas. Nessa época, a população começou a se rebelar contra a Igreja Católica. Com o aparecimento dessas revoltas – sendo a Reforma Protestante a maior delas – e, consequentemente, a perda de fiéis do catolicismo, a Igreja Católica precisou se reorganizar internamente e externamente.

Nesse contexto, surgiu a Contrarreforma, um movimento que tinha como objetivo o resgate dos valores centrais no catolicismo, para que as pessoas parassem de se perder.

Sabendo desse contexto, o Barroco foi um movimento ensaiado pela Igreja Católica que visava difundir os ensinamentos religiosos através de manifestações artísticas. A partir disso, o Barroco Europeu se desenvolveu como uma arte religiosa genuína do catolicismo. 

O Barroco proporcionou a construção de grandes catedrais, igrejas, palácios, capelas e esculturas de santos.

O Barroco é um apelo à beleza, um chamado à percepção de Deus pelos sentidos.

3- Principais Características do Barroco

O Barroco ditou tendência em diversas formas de manifestações artísticas. No geral, esse movimento está marcado pelo resgate de ideias teocêntricas, colocando Deus como centro do Universo. 

Além disso, nessa época a emoção sobrepunha a razão e as ideias protestantes eram contestadas pela Igreja Católica. A reflexão acerca da guerra entre o certo e errado, o bem e o mal, Deus e Diabo era muito forte também

Veja a seguir características específicas de cada manifestação artística: 

Características do Barroco na literatura:

  • Linguagem pessimista;
  • Textos com mensagens religiosas;
  • Presença de metáfora, hipérbole, hipérbato, paradoxo e antítese;
  • Texto rebuscado e ornamentado;
  • Preocupação com a forma do texto;
  • Poesias expressando sentimento de culpa pelos pecados cometidos.

Saiba o que são figuras de linguagem!

Características do Barroco na pintura:

  • Representações de passagens bíblicas;
  • Representação do Infinito;
  • Valorização das luzes e sombras;
  • Acabamentos bem trabalhados;
  • Forte conteúdo emocional.

Características do Barroco na música:

  • Expressões dramáticas, como ocorre na ópera;
  • Combinações de instrumentações e vozes mais variadas;
  • Ornamentação musical.

Características do Barroco na arquitetura:

  • Monumentos religiosos com muitas curvas e irregularidades;
  • Dramaticidade e efeitos teatrais;
  • Obras repletas de extravagância e exageros ornamentais;
  • Utilização de colunas curvadas, que dão a ideia de movimento;
  • Uso de ornamentos dourados e acobreados;

4- Barroco Europeu

O Barroco surgiu na Itália e se espalhou por toda a Europa. Dessa forma, o movimento ganhou grande destaque em todo o continente. Entenda melhor como foi o Barroco na Europa:

Barroco na Itália 

Barroco na Itália
“O Juízo Final” de Michelangelo

A Itália foi considerada o berço do Renascimento e da Arte Barroca onde diversos artistas se destacaram, principalmente na cidade de Roma – onde surgiram escolas de artes que eram famosas pela capacidade de representação do corpo humano de maneira realística, com riqueza de detalhes e busca pela perfeição. 

A Itália se destacava principalmente nos campos da pintura e da música barrocas. Entre as obras que ganharam mais visibilidade na época, está a pintura de Michelangelo, na Capela Sistina, conhecida como “O Juízo Final”, por conseguir retratar de maneira precisa a estratégia do catolicismo em resgatar seus conceitos na sociedade. 

Principais autores do Barroco Italiano:

  • O pintor Michelangelo Merisi, o Caravaggio (1571-1670)
  • O pintor, escultor e arquiteto Gian Lorenzo Bernini (1598- 1680)
  • O arquiteto e escultor Francesco Borromini (1599-1667)
  • O arquiteto, pintor e decorador Andrea Pozzo (1642-1709)

Barroco na Espanha 

Barroco na Espanha
“Vênus ao Espelho” de Diego Velázquez

O Barroco Espanhol teve grande influência da Itália e teve suas características mais expressadas através da arquitetura e da pintura. Além disso, a Espanha foi o centro dos poetas barrocos.

Com predomínio do realismo, o Barroco na Espanha ficou conhecido por representar a teatralidade na pintura em situações religiosas e em cenas cotidianas.

Principais autores do Barroco Espanhol:

  • O pintor Diego Velázquez (1599-1660)
  • O pintor José de Ribera (1591-1652)
  • O pintor Francisco de Zurbarán (1598-1664)
  • O pintor Bartolomé Esteban Murillo (1617-1682)
  • O poeta Francisco de Quevedo (1580-1645)
  • O poeta e dramaturgo Miguel de Cervantes (1547-1616)

Barroco em Portugal

Uma crise social e financeira assolava Portugal em meados de 1580. Como reflexo dessa situação, a população portuguesa enfrentava sentimentos pessimistas, presença de euforia e nacionalismo.

O barroco português nasce como forma de materializar esse contraste, por meio da arquitetura, da música, da pintura e, principalmente, da literatura e do teatro. Durante o século XVI, a poesia lírica, o teatro de costume e a oratória seca ganharam grande projeção, bem como os gêneros literários.

Padre Antônio Vieira é o principal autor do Barroco literário em Portugal, mas passou a maior parte de sua vida no Brasil. Ele foi uma espécie de cronista da história imediata. Assim, ele elaborava os sermões dentro da técnica medieval, deslindando as metáforas da linguagem bíblica.

Principais autores do Barroco Português:

  • O poeta Gregório de Matos (1636-1696)
  • O poeta Manuel Botelho de Oliveira (1636-1711)
  • O poeta Bento Teixeira (1561-1618)
  • O poeta Francisco Rodrigues Lobo (1580-1622)
  • O escritor Francisco Manuel de Melo (1608-166)
  • A poeta Josefa de Óbidos (1630-1684)

5- O Barroco no Brasil

Barroco no Brasil

O Barroco foi introduzido no Brasil através dos jesuítas, com o objetivo de catequização dos indígenas, no final do século XVI. Devido ao fato do Brasil ser uma colônia portuguesa, a principal influência do Barroco Brasileiro é Portugal. 

A produção artística teve grande avanço principalmente no século XVII, após o descobrimento das das minas de ouro e pedras preciosas.

Minas Gerais, por ser o estado onde foi encontrado o maior número de jazidas, e o nordeste, por seu desenvolvimento atribuído à cana-de-açúcar, foram as regiões do país mais influenciadas pela Arte Barroca.

Barroco em Minas Gerais 

Barroco em Minas Gerais

A coroa brasileira foi atraída para interior de Minas Gerais – principalmente Ouro Preto, Mariana, São João Del Rei, Diamantina e Sabará – pela grande presença de ouro. Dessa forma, o Barroco nessas cidades foi responsável por construir igrejas com esculturas e pinturas banhadas a ouro, com riqueza de detalhes e beleza única.

Atualmente, muitas obras barrocas ainda podem ser encontradas nas cidades do interior de Minas, sendo consideradas parte de uma importante rota do turismo nacional.

Barroco na Bahia

O estado baiano foi o primeiro a incorporar os conceitos do Barroco em sua arte, porque, naquela época, era o centro político e econômico do Brasil, com destaque para Salvador, a então capital do país. 

O Barroco na Bahia também deixou sua marca nas igrejas, caracterizado pelo uso excessivo do ouro em esculturas religiosas e na pintura.

Principais autores do Barroco Brasileiro:

  • O escultor, arquiteto e entalhador Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho (1730-1814)
  • O escultor Agostinho de Jesus (1600-1661)
  • O pintor Mestre Ataíde (1762-1830)
  • O pintor e restaurador José Joaquim da Rocha (1737-1807)
  • pintor José Teófilo de Jesus (1758-1847)
  • pintor Eusébio de Matos e Guerra (1629-1692)
  • poeta Frei Manuel da Santa Maria de Itaparica (1704-1768)
  • poeta Frei Vicente do Salvador (1564-1636)

Gostou de aprender o que foi o Barroco? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador