MatériasPortuguês

Quando usar Mim ou Me? Entenda esses pronomes e suas funções!

Quando usar Mim ou Me Entenda esses pronomes e suas funçõesQuando usar Mim ou Me Entenda esses pronomes e suas funções

Quando usar Mim ou Me é algo que confunde as pessoas, mas a diferença entre eles é que um sempre é acompanhado por verbo e o outro não. “Me” é um pronome oblíquo átono que tem função de objeto direto, então é um complemento verbal sem preposição. “Mim” é um pronome oblíquo tônico com função de objeto indireto, sempre terá preposição.

Fique tranquilo! Se você está estudando para o vestibular, mas não sabe quando usar me ou mim, esse texto irá te ajudar tanto na parte de linguagens como na hora de escrever a redação.

Neste artigo sobre quando usar mim ou me, você encontrará todos os tópicos abaixo, com explicações e exemplos detalhados. Se quiser, clique em um tema para ir diretamente ao conteúdo:

  1. Quando usar Mim ou Me?
  2. Qual significado de Me?
  3. Veja 3 exemplos de como usar o Me.
  4. Qual significado de Mim?
  5. Veja 3 Exemplos de como usar o Mim.
  6. Em que situações se utiliza o “Eu” ao invés de mim ou me?
  7. Outros tópicos importantes de Português para o Vestibular.

Quando usar Mim ou Me?

exemplos de quando usar mim ou me

O mim e o me são pronomes oblíquos que se referem à 1ª pessoa do singular (EU). Apesar disso, os dois pronomes assumem papéis diferentes nas orações, pois um é átono e o outro é tônico.

De modo geral, é assim que saberemos quando usar me ou mim:

O “me” está sempre acompanhado de um verbo e essa é a principal característica que o diferencia do “mim”. Já o “mim” está sempre acompanhado de uma preposição em vez de um verbo, aparecendo ao final das frases.

  • Ficou um pouco confuso? Os exemplos abaixo vão fazer com que você entenda melhor:

“Ele me ama”.

Observe que o “me” está acompanhado pelo verbo “amar”, que vem logo em seguida.

“Amanhã você me fala o que faremos no sábado”.

Neste outro exemplo, o “me” está acompanhado pelo verbo “falar”, que vem logo em seguida.

“Ele chegou até mim”.

Agora que estamos falando do “mim”, veja que ele está acompanhado somente da preposição “até”, aparecendo ao final da frase.

“Você pode pegar essa caneta para mim?”.

Neste outro exemplo, o “mim” está acompanhado somente da preposição “para”, aparecendo ao final da frase.

Qual Significado de “Me”?

Afinal, o que é o Me? O “me” pertence à classe dos pronome oblíquos átonos, aqueles que têm a pronúncia mais fraca e fechada. 

Ele é companheiro do “te, se, nos e vos” sendo que cada um deles se refere a uma pessoa do discurso. No caso, o “me” se refere à primeira pessoa do singular, aquela que fala a frase e flexionamos o verbo para se adequar ao “Eu”. 

Recapitulando, usamos o “me” como complemento verbal, na função de objeto direto. Isso significa que ele nunca será acompanhado por preposição, mas está diretamente ligado ao verbo, do ladinho um do outro. 

Também é importante lembrar que ele costuma estar no meio da frase, porque nunca podemos começar a escrever com um pronome oblíquo. É raro que ele apareça no final de uma sentença, só se for no caso de ênclise ou um estilo de escrita mais antiga.

Veja 3 Exemplos do uso do “Me”

Confira alguns exemplos de quando usar “Me” para consolidar o que você aprendeu:

  • “Os alunos sempre me respeitaram”. 
  • “Joana me ofereceu carona”. 
  • “O cachorro não me obedece”. 

Qual Significado de “Mim”?

Então, o que é o Mim? O “mim” também pertence à classe dos pronomes, mas é do tipo  oblíquos tônico, aqueles que têm a pronúncia mais forte e aberta. 

Ele é companheiro do “comigo, ti, contigo, nós, conosco, etc.” sendo que cada um deles também se  refere a uma pessoa do discurso. No caso, o “mim” também se refere à primeira pessoa do singular, aquela que adequa o verbo ao “Eu”. 

Recapitulando, usamos o “mim” na função de objeto indireto. Isso significa que ele SEMPRE será acompanhado por preposição. Em outras palavras, sempre haverá uma palavrinha como “para, contra, até, após, antes, de” separando o verbo do pronome.

Também é importante lembrar que ele costuma estar no final da frase, porque nunca podemos começar a escrever com um pronome oblíquo e ele sempre fica isolado pela preposição.

Veja 3 Exemplos do uso do mim

Se pegarmos os exemplos anteriores do “me” e os transformarmos para se adequar ao “mim”, eles ficariam da seguinte forma:

  • “Os alunos sempre respeitaram a mim”.
  • “Joana ofereceu carona para mim”.
  • “O cachorro não obedece a mim”.

Outros exemplos do uso do Mim que podem esclarecer são:

  • “Ela gosta de mim”.
  • “Você trouxe algo para mim?”.
  • “Eles fizeram tudo o que podiam por mim”.

Em que situações se utiliza o “Eu” ao invés de “mim” ou “me”?

Você já entendeu quando usar me ou mim, não é? É isso mesmo, ambos são pronomes oblíquos que desempenham papel de objetos (direto ou indireto).

Aí você pode se perguntar: “Onde entra o eu?” e “É para eu ou para mim fazer?”.

Vamos te explicar:

De acordo com a gramática, nós NÃO podemos dizer:

  • “Não respeitam eu”.
  • “Um pouco de água pra mim beber”.

É incorreto dizer essas coisas porque o “Eu” é um pronome pessoal. Isso significa que ele só desempenha uma função de sujeito, nunca de objeto como os pronomes oblíquos.

Portanto, você precisa estar com a Sintaxe em dia e se lembrar que “mim” não conjuga verbo, só o “eu”.

Agora, veja exemplos corretos:

  • Pegue a receita para eu fazer o bolo.
  • Camila, pegue a receita para mim.
  • me a receita porque vou fazer o bolo.

O Beduka te ajuda a estudar: outras dicas, além do uso de me ou mim

Além de explicar quando usar mim ou me, nós já falamos aqui no site sobre outros assuntos que podem te ajudar a entender um pouco mais de gramática. 

É difícil aparecer alguma questão só sobre isso na prova, mas é essencial saber as regras para ter uma boa escrita. Muitos alunos perdem pontos da redação Enem por não apresentarem coesão.

Para evitar esse problema, sugerimos estudar:

Se gostou do nosso artigo sobre quando usar Mim ou Me, confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por profissionais de várias formações (professores, jornalistas, filósofos), sempre prontos a oferecer os melhores conteúdos educacionais com foco no Enem e colaborar com a formação de todos os alunos. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

22 Comentários

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador