MatemáticaMatérias

Os 5 melhores exemplos de Razão e Proporção no cotidiano!

Os 5 melhores exemplos de Razão e Proporção no cotidiano!Os 5 melhores exemplos de Razão e Proporção no cotidiano!
Instagram do Beduka

Sim, você usa matemática todo dia, inclusive, desde que era criança. Pode parecer exagero meu, mas tenho certeza que com estes 5 exemplos de Razão e Proporção no cotidiano você chegará à mesma conclusão. De quebra, ver essas situações do dia a dia que separei para você ainda vai facilitar o seu estudo desse assunto!

Se você quiser, clique em um dos tópicos desse resumo para ir direto ao conteúdo:

Qual é o conceito de Razão e Proporção?

Antes de mostrar os exemplos de Razão e Proporção no cotidiano, é importante relembrar o que essas coisas significam. 

Isso vai facilitar o aprendizado da própria matéria e o entendimento dos exemplos mais à frente. 

Veja só:

  • Razão: é a comparação entre dois valores em uma mesma unidade.

Na prática, essa comparação é feita quando dividimos um número pelo outro, formando uma fração

Por isso, você também pode encontrar o conceito de Razão como o resultado de uma divisão!

  • Proporção: é a comparação entre duas razões.

Ela existe para mostrar que duas razões diferentes, quando comparadas, acabam expressando o mesmo valor. 

Ou seja, é um recurso da matemática que permite ver se as medidas são equivalentes.

Pode parecer um pouco abstrato pensar como alguém usaria isso, mas é super útil. 

Se você quiser aprofundar no assunto, suas propriedades e operações, é só ler o artigo que fizemos contando a Diferença entre Razão e Proporção. 

Agora, vamos ver alguns exemplos de Razão e Proporção no cotidiano para esclarecer de uma vez por todas!

5 exemplos de Razão e Proporção no cotidiano

Eu nunca vi uma matéria ser tão útil quanto Razão e Proporção. Lembra que eu te disse que você usa matemática desde criança? Então, a prova está no 5° exemplo!

Vamos analisar as situações do dia a dia a seguir, pensando nos conceitos que deixei logo acima. Tenho certeza que tudo fará sentido.

1. Ao cozinhar, você já deve ter ajustado uma receita

Imagine que você está na cozinha fazendo a receita de um delicioso bolo de cenoura com chocolate:

3 ovos

2 cenouras

1 xícara de açúcar

2 xícaras de farinha de trigo

1 xícara de óleo

1 colher de sopa de fermento

1 pitada de sal

1 barra de chocolate meio amargo

1 caixa de creme de leite

A receita diz que rende um tabuleiro médio, mas você quer fazer duas receitas porque receberá toda a família em casa.

O que você vai ter que fazer é dobrar as medidas!

Se a receita pedia 3 ovos, então você deverá pegar 6. Nesse caso, você está usando uma razão = 2 (porque 6/3 = 2).

Só que, se você esquecer de dobrar algum ingrediente, vai dar errado. 

Tudo precisa ser aumentado na mesma razão para que a receita continue com a mesma proporção entre os ingredientes!

2. Um bom arquiteto, engenheiro, contador ou designer precisa disso

Lembra quando você estava no Ensino Fundamental e tinha que montar maquete? Ou quando você tinha que olhar um desenho no quadro e fazer menor no seu caderno?

Pois bem, às vezes acontecia de a figura ficar um pouco deformada porque você não fez as coisas com a mesma razão, então faltou proporção na figura final.

Até aí tudo bem, porque você era pequeno e estava aprendendo a lidar com a coordenação motora e os objetos.

Agora, imagina se um arquiteto errar o projeto de uma casa, ou se um engenheiro ler e executar a instrução de forma errada. Dificilmente a construção pararia em pé.

Saber Razão e Proporção também é decisivo para quem mexe com finanças e design. 

Pense no desastre que seria um economista do governo errar a conversão de moedas de um comércio internacional.

Beduka Bolsas Direito

Ou ainda se um designer errar na formatação de uma figura e a propaganda sair com a imagem cortada. Seria demissão na certa!

Por isso é tão importante treinar com muitos exercícios e exemplos de Razão e Proporção no cotidiano antes de tentar uma faculdade. Só assim vamos acostumando nosso cérebro com as habilidades certas. 

Para te ajudar, vou até deixar o Simulado Gratuito aqui. Assim, você pode treinar quando acabar de ler esse resumo.

3. Fazer compras também envolve Razão e Proporção

É verdade que o primeiro exemplo foi super do dia a dia e o segundo foi mais específico de algumas profissões, mas se tem uma coisa que todo mundo faz é ir às compras.

Quando você está indo no mercado, por exemplo, e bate o olho no preço do kilo de batata, já tem uma noção de quanto vai dar. 

Se o kilo está 14 reais e você foi com a intenção de comprar 500g, já sabe que vai gastar por volta de R$ 7,00.

Além da conversão de medidas, automaticamente seu cérebro calculou o produto dos meios ou usou a regra de três. Assim:

Se 1000g = 14

       500g = x

Isso também acontece quando: um motorista experiente abastece o carro, quando você compra vários cadernos da lista de material ou quando você confere se aquelas promoções “pague 3 leve 4” realmente valem a pena.

4. Todas as áreas da matemática dependem disso. Física, química e geografia também

Antes de irmos para o último dos nossos exemplos de Razão e Proporção no cotidiano, eu queria te mostrar que esse assunto não é só uma matéria específica de matemática.

Na verdade, entender o conceito de Razão e Proporção é algo que você vai usar por toda a sua vida acadêmica, nas diferentes matérias.

Razão e Proporção está presente em:

E tantos outros assuntos…

Durante toda a sua vida escolar, nas diversas provas e simulados que você fizer, nas interpretações de questões de diversas matérias e nas atividades em sala de aula, você sempre usará um pouquinho de Razão e Proporção!

5. Atividades de lazer, como videogames e quebra-cabeças, também envolvem essa habilidade

Talvez você já tenha reparado que todo bebê fica tentando encaixar objetos em certas aberturas. É até engraçado vê-los aprender a ter noções de tamanhos e espaços.

Quando maiorzinhas, as crianças gostam de brincar com quebra-cabeças, colocar bonecos dentro da casinha ou do carrinho.

Já os adolescentes amam os videogames, e até alguns jovens adultos ainda gostam de jogar The Sims, Minecraft ou RPG’s de todo o tipo.

Seja na hora de construir sua casa ou de usar seus xp’s para upar alguma coisa, o tempo todo sua cabeça está fazendo contas para saber o quanto precisa para atingir seu objetivo, com base no valor que você já tem hoje ou que usou anteriormente.

Tudo isso são os exemplos de razão e proporção no cotidiano!

Agora, vamos à pergunta que não quer calar.

O conceito de Razão e Proporção é importante para o Enem?

Sim, é muito importante conhecer o conceito e os exemplos de Razão e Proporção no cotidiano para ir bem no Enem e em qualquer outro vestibular!

Sabe por que?

Como eu havia dito lá no quarto exemplo, o conceito de Razão e Proporção é o entendimento que você precisa ter para conseguir resolver os principais assuntos que caem no Enem.

Eu sei que é muita coisa para estudar. Por isso é que o Beduka sempre lança o Plano de Estudos para o Enem! Nós organizamos todos os assuntos para caber no seu tempo e você só precisa baixar.

“E se eu não for bem no Enem?” Saiba o que fazer!

Eu realmente quero que você consiga conquistar seus objetivos, não é atoa que te dei todas essas dicas valiosas! Mas não podemos ignorar a realidade: sempre existe a chance de não conseguir passar no Sisu ou no Prouni.

Nesse caso, não desanime! Há uma solução:

O Beduka te dá a chance de entrar na faculdade com bolsa sem fazer prova. Mas isso só é possível se você pesquisar no Beduka Bolsas.

Você escolhe curso, cidade e mostraremos todos os descontos disponíveis. 

Ah, não se esqueça de nos seguir no instagram. Lá, você terá conteúdos novos todos os dias, além dos lembretes de datas importantes para o mundo dos estudantes!

No mais, espero que estes exemplos de Razão e Proporção no cotidiano tenham te ajudado.

Obrigado por ter lido até o final!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador