Literatura

Quem foi Carlos Drummond de Andrade? Biografia, poemas e características literárias

quem foi carlos drummond de andradeQuem foi Carlos Drummond de Andrade?
Simulado Beduka

Em 1930 surgiu uma nova geração de escritores modernistas. Entre eles estava Carlos Drummond de Andrade, conhecido como o maior dos poetas deste período e um dos maiores do Brasil. Devido à sua relevância na literatura, saber quem foi Carlos Drummond de Andrade é muito importante. E você fica sabendo com este artigo.

Se você quiser ir diretamente para alguma parte do texto, clique em um dos tópicos abaixo:

Está com dúvidas sobre qual profissão seguir? Faça o Raio-X Beduka, o melhor teste vocacional do Brasil, e veja qual carreira combina mais com você.

Quem foi Carlos Drummond de Andrade?

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) foi um dos maiores nomes da poesia modernista brasileira. Nascido em Itabira do Mato Dentro, no interior de Minas Gerais, ele se tornou um dos principais poetas do Brasil.

Sua família tinha origem escoto-madeirense e possuía fazendas na sua cidade natal. Seus pais eram Carlos de Paula Andrade e Julieta Augusta Drummond de Andrade. Eles o mandaram para Belo Horizonte em 1916, para estudar num colégio interno: o Arnaldo.

Posteriormente, Drummond ingressou no Colégio Anchieta de Nova Friburgo, que pertencia a jesuítas, mas foi expulso por insubordinação após discutir com um professor.

Formou-se em farmácia em 1925 na  Escola de Odontologia e Farmácia de Belo Horizonte. Durante sua residência na capital mineira, conheceu Emílio Moura, com quem fundou “A Revista”, que era um meio de divulgação do modernismo.

Drummond trabalhou como professor em Itabira por um tempo, mas retornou a Belo Horizonte, onde se empregou como redator do Diário de Minas.

Contudo, a maior parte de sua vida ele trabalhou como funcionário público. Chegou a ser chefe de gabinete do ministro da educação Gustavo Capanema entre 1934 e 1945 e antes atuou como chefe de gabinete do mesmo Capanema, mas durante o seu governo em Minas Gerais.

Sua ligação com a política foi muito estreita. Foi dirigente de um jornal do Partido Comunista Brasileiro no Rio de Janeiro.

Drummond foi casado com Dolores Dutra de Morais, com quem teve dois filhos: Carlos Flávio e Maria Julieta Drummond de Andrade.

Ele morreu em 15 de agosto de 1987, doze dias após Maria Julieta falecer.

Quais são as características literárias de Carlos Drummond de Andrade?

Drummond não escrevia apenas poemas, mas foi por meio deles que ficou consagrado na literatura nacional.

A escola a que ele se filiou foi a segunda geração modernista. Essa fase do modernismo teve início em 1930, num momento socialmente conturbado com os começos da Era Vargas e os efeitos da crise de 1929, que refletiam na arte.

A poesia deste momento tem como características:

  • Influência do realismo e romantismo;
  • Nacionalismo, universalismo e regionalismo;
  • Realidade social, cultural e econômica;
  • Valorização da cultura brasileira;
  • Influência da psicanálise de Freud;
  • Temática cotidiana e linguagem coloquial;
  • Uso de versos livres e brancos.

Tudo isso aparecia em sua poesia e mostrava quem foi Carlos Drummond de Andrade.

Ele produziu desde a juventude e os principais temas de sua poesia refletem questões existenciais. É comum ver poemas em versos brancos (sem rimas) tratando da morte, do sentido da vida, da utopia socialista entre outros assuntos.

Sua poesia dialogava muito com questões de seu tempo, como a guerra e o progresso da técnica. Estes dois temas são abordados em um de seus principais livros, “A Rosa do Povo”.

Ele manteve um estilo permeado de ironia, com observações acerca do cotidiano, além de uma perspectiva pouco otimista sobre a vida.

Quais são as obras de Carlos Drummond de Andrade?

Quem se pergunta quem foi Carlos Drummond de Andrade, tende a ter como resposta: “um poeta”.

Mas ele também produziu textos em prosa, como dissemos acima. Assim, vamos mostrar seus livros dos dois gêneros.

Livros de Poesia de Carlos Drummond de Andrade

  • Alguma Poesia (1930)
  • Brejo das Almas (1934)
  • Sentimento do Mundo (1940)
  • Poesias (1942)
  • A Rosa do Povo (1945)
  • Poesia até Agora (1948)
  • Claro Enigma (1951)
  • Viola de Bolso (1952)
  • Fazendeiro do Ar & Poesia Até Agora (1953)
  • Poemas (1959)
  • A Vida Passada a Limpo (1959)
  • Lições de Coisas (1962)
  • Boitempo (1968)
  • Menino Antigo (1973)
  • As Impurezas do Branco (1973)
  • Discurso da Primavera e Outras Sombras (1978)
  • O Corpo (1984)
  • Amar se Aprende Amando (1985)

Livros de Prosa de Carlos Drummond de Andrade

  • Confissões de Minas (1942)
  • Contos de Aprendiz (1951)
  • Passeios na Ilha (1952)
  • Cadeira de Balanço (1970)
  • Moça Deitada na Grama (1987)

Poemas de Carlos Drummond de Andrade

Agora que você já sabe quem foi Carlos Drummond de Andrade, vamos ver alguns poemas dele.

Talvez um dos mais famosos seja o poema Quadrilha, no qual ele apresenta uma série de desencontros amorosos. Ele está presente no livro “Alguma Poesia”, de 1930.

Quadrilha

João amava Teresa que amava Raimundo

que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili

que não amava ninguém.

João foi pra os Estados Unidos, Teresa para o convento,

Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,

Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes

que não tinha entrado na história.

Outro poema bastante conhecido é “Consolo na Praia”, em que um velho conselheiro tenta animar alguém desesperançado. Este poema está presente no livro “A Rosa do Povo”, de 1945.

Consolo na Praia

Vamos, não chores.

A infância está perdida.

Beduka Bolsas Direito

A mocidade está perdida.

Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.

O segundo amor passou.

O terceiro amor passou.

Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.

Não tentaste qualquer viagem.

Não possuis carro, navio, terra.

Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,

em voz mansa, te golpearam.

Nunca, nunca cicatrizam.

Mas, e o humour?

A injustiça não se resolve.

À sombra do mundo errado

murmuraste um protesto tímido.

Mas virão outros.

Tudo somado, devias

precipitar-te, de vez, nas águas.

Estás nu na areia, no vento…

Dorme, meu filho.

Gostou dos poemas? O estilo deles deixa claro quem foi Carlos Drummond de Andrade.

Entre na faculdade com o Beduka!

Esperamos que esse texto sobre quem foi Carlos Drummond de Andrade tenha te ajudado.

Quando o assunto é entrar na faculdade, o Beduka é seu parceiro número 1. Queremos mesmo ver você indo bem e conquistando uma vaga no seu curso dos sonhos.

Para isso, além dos conteúdos que trazemos diariamente aqui no blog e nas nossas redes sociais, temos uma ferramenta que te permite comprar bolsas de estudo.

É o Beduka Bolsas, uma plataforma feita com o objetivo de ofertar bolsas de até 65% em faculdades de excelência pelo Brasil!

Ela fica aberta 24 horas por dia. Se você quiser pode comprar uma bolsa agora mesmo. Não é legal?

Além disso, você pode conseguir mais de 3 mil reais de economia dependendo do seu caso. É uma oportunidade única!.

As datas do Enem estão sendo divulgadas. Se você seguir o Beduka no Instagram te deixamos a par do cronograma do Enem. Então nos siga nas redes sociais. 
Obrigado por ter lido até aqui!

Simulado Beduka

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador