BiologiaExercícios

As 8 Melhores Questões sobre embriologia animal

Questões sobre Embriologia AnimalQuestões sobre Embriologia Animal

Embriologia animal é a área da biologia que estuda todas as fases do desenvolvimento de um ser desde a primeira célula. Neste artigo, você lerá um resumo de todas as fases estudadas na embriologia e como elas ocorrem. Terminando a leitura, questões sobre embriologia animal com gabarito estarão lhe aguardando. 

Quer seguir diretamente para alguma parte específica? Clique em algum dos itens abaixo:

Quando você terminar as Questões sobre embriologia animal, coloque em prática todo seu conhecimento com O Melhor Simulado Enem do Brasil.

O que é Embriologia animal?

Embriologia animal é a área da biologia voltada para estudar o desenvolvimento dos animais desde a primeira célula. Ela pesquisa desde a fecundação até a formação dos órgãos. 

“Embryo” é uma palavra que significa origem ou princípio do ser, por isso é usado pelos biólogos para designar a primeira etapa da vida intra-uterina (desde a fecundação até a 8ª semana de gestação).

A partir da 9ª semana, paramos de chamar o indivíduo em formação de embrião e passamos a chamá-lo de feto.

A embriologia já existe desde a Grécia Antiga por causa de um homem chamado Aristóteles

Ele analisou embriões de galinha e percebeu a mudança de forma ao longo do tempo. Daí, ele criou a Teoria da Epigênese que diz que um ser não nasce já formado, mas passa por etapas de desenvolvimento

Contudo, essa é apenas a teoria filosófica. A teoria científica só veio, de fato, como Caspar Friedrich no século XVIII. Ainda assim, todo o conhecimento que você verá neste texto só foi possível ser descoberto no século XIX com a criação da microscopia.

Quais são as áreas da embriologia? 

Como existem vários seres diferentes que se desenvolvem de formas diferentes, então precisa haver várias embriologias para suprir cada diversidade. Foram criadas, então, 4 subáreas dentro da embriologia:

  • Embriologia Humana: busca o conhecimento sobre o desenvolvimento de embriões humanos.
  • Embriologia Vegetal: estuda os estágios de formação e desenvolvimento das plantas.
  • Embriologia Animal: foca nos estágios de vida inicial dos seres que pertencem ao Reino Animal.
  • Embriologia Comparada: compara o desenvolvimento embrionário de diversas espécies animais, é importante para os estudos da teoria Evolutiva.

São mais de 200 resumos gratuitos para o ENEM no Instagram do Beduka, aproveite!

Quais são as Fases da Embriologia Animal?

Fases da Embriologia animal
Fases da Embriologia animal

Ao longo do desenvolvimento, alguns genes são ativados e outros desativados, resultando na diferenciação. Isto é, as células desenvolvem funções e formatos distintos. Essas funções se complementam e as células formam tecidos que formam órgãos. 

Todos os processos acontecem de forma conjunta e como um organismo. No caso dos animais, cada espécie tem formas muito particulares de desenvolvimento, mas há uma característica em comum entre quase todos. 

Essa características é a presença das 3 fases sequenciais: 

  • Segmentação ou Clivagem 
  • Gastrulação
  • Organogênese

Falaremos de cada uma detalhadamente:

Segmentação ou Clivagem

Vamos começar lembrando que o zigoto é a primeira célula de um indivíduo, mas ainda é uma célula, então realiza mitose. As consecutivas mitoses que iniciam a formação de um novo indivíduo são chamadas de segmentação ou clivagem

Essa própria fase é dividida em 3 etapas: 

Mórula

As células formadas (conhecidas como blastômeros) se unem para criar a mórula, a primeira estrutura geral do indivíduo

A partir daí, começa a se formar uma cavidade interna chamada blastocele que é preenchida por líquidos. Ao completar a cavidade entramos na próxima etapa. 

Blástula

A Blástula ou Blastocisto é uma fase comum em qualquer ser do Reino Animal. Contudo, nos mamíferos que possuem placenta, ela se diferencia em dois tipos de células:

  • Trofoblastos: células que irão se desenvolver e gerar a placenta, anexos que auxiliam na nutrição durante a gestação.
  • Embrioblastos: células que dão continuidade ao desenvolvimento corporal.

Nidação

Na etapa final da segmentação o embrião sai do local onde surgiu (nas trompas) e se desloca até atingir o colo do útero

Aí ele se fixa para continuar o desenvolvimento e ter espaço para crescer. Essa fixação é chamada de Nidação e provoca um pequeno sangramento que sinaliza a gravidez.

Gastrulação

Essa segunda fase também é subdividida e ao longo do processo o embrião aumenta de tamanho e ganha mais funções.  

Gástrula

Determinadas células de um pólo continuam se multiplicando e começam a migrar para próximo do pólo oposto. Essa movimentação gera uma invaginação (fenda dobrável) na estrutura. 

O espaço formado é chamado de arquêntero e é cavidade que dará origem ao tubo do sistema digestório.

Dependendo de qual parte será formada primeiro, podemos classificar os seres vivos em:

  • Deuterostômios: a abertura do arquêntero pro meio externo (blastóporo) gera primeiro o ânus. Isso ocorre nos cordados e nos equinodermos.
  • Protostômios: a abertura do arquêntero (blastóporo) gera primeiro a boca. Isso ocorre nos moluscos, anelídeos e artrópodes.

Folhetos embrionários

Nessa fase as células começam a se diferenciar em 3 tecidos distintos chamados folhetos embrionários. A combinação entre eles vai formar os órgãos. 

É daí que a diferenciação entre animais:

  • Triblásticos: Possuem todos os 3 folhetos embrionários. 
  • Diblásticos: Possuem 2 dos 3 folhetos embrionários. 

Os folhetos são: 

  • Ectoderma: fica na parte mais externa e origina a pele, o sistema nervoso, pelos, unhas, glândulas mamárias, retina, nariz, orelhas, células bucais e a hipófise.
  • Endoderma: localizado mais na porção interna, é o responsável pela formação dos revestimentos epiteliais internos (vias respiratórias e no trato gastrointestinal), glândulas da tireóide e paratireóide, timo, fígado, pâncreas, bexiga, tímpanos e outras estruturas auditivas.
  • Mesoderma: fica entre o ectoderma e o endoderma, origina o músculo liso, cartilagem, tecidos conjuntivos, vasos sanguíneos e linfáticos, baço, rins, ovários, testículos e a maior parte do sistema cardiovascular.

Celoma

Também é na gástrula que se forma o celoma. Ele é uma cavidade interna que serve de depósito dos órgãos após o desenvolvimento completo. Contudo, nem todos os seres o possuem, portanto, temos as classificações conforme o Celoma:

Nêurula e Notocorda 

Por fim, nos processos da Gastrulação de animais Cordados, é o momento em que a notocorda é formada.

Resumindo, ela é um cordão localizado bem no centro do embrião. Nos vertebrados, é também a partir da notocorda que se forma a coluna vertebral.

Como esta formação só ocorre nos Cordados e o embrião adquire uma nova característica, dizemos que alcançou a última fase embriológica: a Nêurula.

Organogênese

Na organogênese, os tecidos da fase anterior se organizam para formar os órgãos. 

Os primeiros são os do sistema nervoso a partir do ectoderma. Depois vêm os órgãos digestórios. 

Por fim, os outros vão sendo formados e desenvolvidos em diferentes ritmos, mas todos são integrados e continuam se desenvolvendo ao mesmo tempo.

Quer ainda mais detalhes sobre essa matéria? Leia nosso texto completo sobre embriologia.

Questões de Embriologia Animal com Gabarito

Esperamos que, com esse resumo, tudo tenha ficado mais claro para você. 

Obrigado por ter lido até aqui!

Baixe gratuitamente o Plano de Estudos do Beduka e tenha uma preparação perfeita para o ENEM.

Questão 1- (PUC-SP-2002) Durante o desenvolvimento embrionário de uma certa espécie animal, constata-se que o embrião excreta preferencialmente amônia (fase A). Em seguida, passa a excretar preferencialmente uréia (fase B) e, a partir da metade do desenvolvimento, passa a excretar preferencialmente ácido úrico (fase C). A maior e a menor quantidade de água gasta por essa espécie durante sua embriogênese se dão, respectivamente, nas fases: 

a) A e B. 

b) A e C. 

c) B e A. 

d) B e C. 

e) C e A.

Questão 2-  (PUC-RS-2001) O parlamento britânico legalizou a pesquisa em células de clones humanos desenvolvidos em laboratório. A partir de agora, está permitido na Inglaterra realizar investigações com células embrionárias humanas retiradas de estruturas com até 16 células. Que nome se dá à estrutura maciça de células no estágio do desenvolvimento de 16 células? 

a) Óvulo. 

b) Zigoto. 

c) Mórula. 

d) Gástrula. 

e) Feto. 

Questão 3- (UFRN-1997) A notocorda é um cordão de tecido conjuntivo que representa a primeira estrutura de sustentação do corpo de um cordado, podendo persistir, alterar-se ou desaparecer nos adultos. 

Pode-se afirmar que a notocorda, nos vertebrados: 

a) encontra-se apenas na fase adulta. 

b) é substituída pelo progressivo aparecimento da coluna vertebral. 

c) existe concomitantemente com a coluna vertebral. 

d) persiste por toda a vida. 

e) está presente nos embriões de alguns grupos. 

Questão 4-  (Vunesp-1996) Uma senhora deu à luz dois gêmeos de sexos diferentes. o marido, muito curioso, deseja saber informações sobre o desenvolvimento de seus filhos, a partir da fecundação. O médico respondeu-lhe, corretamente, que: 

a) dois óvulos foram fecundados por um único espermatozóide. 

b) um óvulo, fecundado por um espermatozóide, originou um zigoto, o qual dividiu-se em dois zigotos, formando dois embriões. 

c) um óvulo foi fecundado por dois espermatozóides, constituindo dois embriões. 

d) dois óvulos, isoladamente, foram fecundados, cada um por um espermatozóide, originando dois embriões. 

e) o uso de medicamentos durante a gestação causou alterações no zigoto, dividindo-o em dois.

  • Muito bem! Você chegou à metade dos Exercícios de embriologia animal. Continue fazendo o restante.

Questão 5-  (PUC-SP-1995) Dois irmãos se originam de blastômeros provenientes de um mesmo zigoto. Pode-se afirmar que os mesmos são gêmeos: 

a) univitelinos e, obrigatoriamente, do mesmo sexo. 

b) univitelinos, podendo ser de sexos diferentes. 

c) fraternos e, obrigatoriamente, do mesmo sexo. 

d) fraternos, podendo ser de sexos diferentes. 

e) fraternos e, obrigatoriamente, de sexos diferentes.

Questão 6- (PUC-SP-1997) Os gêmeos Renato e Marcelo e as gêmeas Cristina e Fernanda originaram-se de zigotos distintos. Já Eduardo e Rodrigo desenvolveram-se a partir de blastômeros originados de um mesmo zigoto.

Assinale a alternativa correta relativa aos gêmeos citados: 

a) Os três pares de gêmeos são fraternos. 

b) Os três pares de gêmeos são univitelinos. 

c) Dois dos pares de gêmeos são fraternos. 

d) Apenas Eduardo e Rodrigo são gêmeos fraternos. 

e) Apenas os gêmeos Renato e Marcelo e as gêmeas Cristina e Fernanda são univitelinos.

Questão 7-  (UEL-1996) Se o blastóporo de uma gástrula originar o ânus do futuro animal, este poderá ser: 

a) um ouriço-do-mar. 

b) um gafanhoto. 

c) uma minhoca. 

d) um coral. 

e) uma esponja.

Questão 8-  (FGV-2005) O médico confirmou que se tratava de gêmeos monozigóticos, contudo um deles era menino e o outro menina. A análise cromossômica dos gêmeos indicou que o menino era normal, porém a menina era portadora da síndrome de Turner. 

Tal fato deve-se à perda de 

a) um cromossomo X na gametogênese da mãe das crianças. 

b) um cromossomo Y na gametogênese do pai das crianças. 

c) um cromossomo sexual, X ou Y, na gametogênese do pai ou da mãe das crianças. 

d) um cromossomo X quando da divisão mitótica do zigoto. 

e) um cromossomo Y quando da divisão mitótica do zigoto.

  • Parabéns, você fez todas as questões sobre embriologia animal. Confira agora o Gabarito:

Gabarito das Questões sobre Embriologia Animal

Exercício resolvido da questão 1 –

Alternativa correta: b) A e C. 

Exercício resolvido da questão 2 –

Alternativa correta: c) existe concomitantemente com a coluna vertebral. 

Exercício resolvido da questão 3 –

Alternativa correta: b) um óvulo, fecundado por um espermatozóide, originou um zigoto, o qual dividiu-se em dois zigotos, formando dois embriões. 

Exercício resolvido da questão 4 –

Alternativa correta: d) dois óvulos, isoladamente, foram fecundados, cada um por um espermatozóide, originando dois embriões. 

Exercício resolvido da questão 5 –

Alternativa correta: a) dois óvulos foram fecundados por um único espermatozóide. 

Exercício resolvido da questão 6 –

Alternativa correta: c) Dois dos pares de gêmeos são fraternos. 

Exercício resolvido da questão 7 –

Alternativa correta: a) um ouriço-do-mar. 

Exercício resolvido da questão 8 –

Alternativa correta: e) um cromossomo Y quando da divisão mitótica do zigoto.

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou das nossas questões sobre Embriologia Animal? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre as áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador