História

O que é Autocracia? Análise histórica sobre o assunto, conceitos e exemplos!

O que é AutocraciaO que é Autocracia

A Autocracia é uma forma de governo que concentra o poder em uma figura, seja ela um indivíduo ou grupo. Porém, devido a sua longa trajetória histórica, é muito confundida com outros conceitos: Monarquia, Totalitarismo, etc. Fique conosco e entenda todos os detalhes!

Neste artigo sobre o que é Autocracia, você encontrará:

  • Definição e origem da palavra autocracia
  • Contexto histórico em que surgiu
  • Diferenciação dos termos: Autocracia, Monarquia, Absolutismo, Totalitarismo, Aristocracia e Oligarquia – com exemplos
  • Aplicação no contexto da sociologia
  • Resumo final em tópicos

Prepare-se para as provas com o nosso simulado gratuito, que pode ser personalizado de acordo com suas necessidades! 

Conceito de Autocracia – Definição e origem da palavra

O que é Autocracia? A palavra autocracia é originária do grego e é composta por “autos”, que significa próprio; e “kratos”, que significa poder.

Portanto, como a própria etimologia diz, é uma forma de governo em que há apenas um elemento detentor dos poderes estatais. Esse elemento pode ser uma pessoa, um partido, um comitê, etc. 

Embora seja usado de forma inadequada algumas vezes, o termo autocracia não designa se um tipo de poder é legítimo ou não, ele se refere apenas à concentração das atividades estatais.

Existem formas de Autocracia que surgiram via eleições democráticas e outras que surgiram por imposição, por isso, o termo não deve ser usado em termos de legitimação.

Contexto histórico em que surgiu

Autocracia-começou-no-Império-Bizantino

Uma das primeiras referências ao termo foi utilizada na época do Império Bizantino, século IV. Neste período, o imperador denominava-se autocrator, mostrando que seu poder era concentrado em si próprio e ilimitado.

Isso ocorria porque, na época, as pessoas acreditavam fielmente que o imperador era escolhido por Deus ou que possuía esses direitos por ser advindo de uma família real.

Ainda que o imperador bizantino fosse submisso somente a Deus, ele possuía total controle sob as instituições terrestres e os poderes temporais. O poder espiritual deveria pertencer somente à Igreja, porém, por vezes, alguns autocratas tentaram usurpá-lo.

Com o nascimento da Rússia imperial, adotou-se o título de “czar” para os governantes, demonstrando que o novo sistema político se adequava aos princípios da autocracia, bem como o “césar” do império latino.

Daí em diante, com o surgimento de novos Estados, fim de grandes impérios e formação de outros menores; mistura de culturas e diferentes situações sociais, outros modelos políticos foram surgindo. 

Diferenciação dos termos 

Há, de fato, uma grande confusão em torno dos termos que designam modelos políticos. Cada um deles é utilizado em um contexto sócio-político-cultural e pode apresentar influência de outro, ou ainda coexistindo, mas não são os mesmos.

Por isso, preparamos alguns quadros comparativos para esclarecer as possíveis dúvidas que podem ter surgido, confira!

Autocracia e Monarquia

A Monarquia é um sistema político em que o Rei é a figura representativa máxima do poder. Esse sistema é bem característico por ser antiquíssimo e carregado de símbolos e cerimônias solenes. 

Contudo, cada Estado adotou um tipo de monarquia, mas as que permeiam as nossas memórias costumam ser as absolutistas – como o Rei Sol, Luís XIV. Daí surge a confusão. 

Na Monarquia Constitucional, há outros órgãos responsáveis pela administração do Estado que são compostos por funcionários que assumiram os cargos por meio de eleições periódicas. Por isso, nem toda Monarquia é um exemplo de Autocracia, apenas as Monarquias Absolutistas se enquadram no conceito.

Autocracia, Totalitarismo e Autoritarismo

Nazismo-e-Socialismo-são-exemplos-de-autocracia

Agora que sabemos o que é Autocracia, podemos pensar que é sinônimo de Autoritarismo ou Totalitarismo. Porém, não é bem assim.

Como já informado, um Regime Autocrático pode ser advindo de uma forma legítima ou não, não sendo esta sua característica principal. Já o Regime Totalitário, sempre vem de um exercício de poder, ou seja, de algo imposto massivamente.

Portanto, muitos regimes se enquadram nas características da Autocracia, mas nem toda Autocracia é, necessariamente, sinônimo de um desses regimes específicos.

Para ficar mais claro, vamos aos exemplos:

Regimes Autoritários

  • Monarquia Absolutista por direito divino, em que é legítimo pois se baseia na religião de todo um povo (ex: Império Bizantino). É uma forma de autocracia porque o poder se concentra na mão do rei, a única autoridade.
  • Império Napoleônico, regime plebiscitário e autoritário que foi fundado num contexto em que a vontade popular só via este modelo como solução para um momento de caos completo. Também se enquadra na definição de autocracia, pois há concentração de poder.
  • Ditadura militar no Brasil, forças autoritárias providas por um grupo que coagiram instituições governamentais, inicialmente apoiadas por parte da população. Também se enquadra na definição de autocracia, visto que há concentração de poder.

Regimes Totalitários

  • Seja o regime das Repúblicas Socialistas Soviéticas, da China ou da Coreia do Norte, todos eles têm em comum o culto ao líder  e homogeneização das ideias. São formas de governos impostas ideologicamente e estruturalmente, ao mesmo tempo em que os cidadãos são manipulados pelas instituições para concordar com o golpe e fazer as próximas gerações concordarem também.
  • O regime Nazista de Hitler possui também as mesmas características de culto ao líder, massificação de ideias nos meios culturais e acadêmicos, propagação de ideologias articuladas em engenharia social que usavam da força física e psicológica.

Ambos os regimes citados acima se enquadram na definição de Autocracia por concentrarem a aparelhagem estatal em um elemento.

Autocracia, Aristocracia e Oligarquia

Ao estudarmos o que é Autocracia, fica claro que é a concentração de poder nas mãos de uma pessoa ou grupo. Portando, a Aristocracia é também uma das formas de Autocracia.

Aristocracia 

  • É o poder concentrado em uma classe social prestigiada. Normalmente se deu com a exaltação das classes da nobreza ao longo da história, e a concentração do poder nas suas mãos.
  •  Esse modelo político já era praticado desde a Grécia Antiga, em que os sábios deveriam governar. Portanto, havia uma centralização do poder nas mãos destes.

Oligarquia 

  • A oligarquia é a subversão da aristocracia, acontece quando o grupo que deveria governar para todos começa a governar apenas em benefício de si próprio.
  • Um exemplo de oligarquia brasileira é a famosa República do café com leite, em que os governantes eram sempre de São Paulo ou Minas Gerais, mas governavam apenas para seus estados, enquanto os demais eram esquecidos.

Do mesmo modo, ambas as formas são autocráticas, pois concentram o poder na mão de um grupo, sem auxílio de outros órgãos governamentais.

Outro bom exemplo de o que é Autocracia é o filme A Onda, de Dennis Gansel. O filme conta a história de um professor que faz um experimento prático com seus alunos sobre como se dá a ascensão ao poder absoluto, em uma escola alemã.

filme-a-onda-é-um-exemplo-do-que-é-autocracia

O que é autocracia no contexto sociológico?

Além de ser utilizado para denominar um modelo político, o termo “autocracia” possui outro significado na área da sociologia. 

A sua aplicação mais conhecida no meio acadêmico brasileiro foi utilizada por Florestan Fernandes, que cunhou o termo “Autocracia burguesa”

Essa expressão foi utilizada para designar a influência da burguesia no poder e no desenvolvimento do capitalismo no Brasil. Diferentemente da definição histórica, a autocracia burguesa não é um regime político, mas uma nomeação satírica para criticar o modo como a gestão governamental lida com políticas públicas. 

Dessa forma, Florestan acredita que, no Brasil, as ações públicas são sempre tomadas, indiretamente, pela burguesia do país para favorecer o capitalismo. Acrescenta que tudo isso é advindo da influência do imperialismo americano e europeu.

Florestan-Fernandes-escreveu-sobre-o-que-é-autocracia

Resumo em tópicos: o que é Autocracia?

Colocamos as principais características da Autocracia em tópicos para você revisar:

  • Personalização do poder: as políticas do governo se confundem com ações e interesses pessoais
  • Centralização do poder: a concentração do poder em um único líder ( sindical, pessoal, partidário ou de classes) e esse poder é arbitrário, isolado e absoluto
  • Outros membros e órgãos do governo são exonerados
  • Intolerância com opiniões contrárias e oposições
  • Impunidade para o autocrata e seus aliados, resultante da concentração de poder
  • Pode existir a partir de meios legais, como a eleição, onde, posteriormente o líder eleito impõe uma autocracia. Utilizando, inclusive, dos mecanismos republicanos e adequar as leis.
  • Pode advir também de golpes de Estado e instauração de ditaduras
  • Muitos modelos políticos se enquadram na sua definição, mas a Autocracia não é, necessariamente, sinônimo de nenhum deles

Gostou do nosso artigo sobre o que é Autocracia? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador