ExercíciosGeografia

Exercícios sobre Fases do Capitalismo COM GABARITO

Exercícios_sobre_Fases_do_CapitalismoExercícios sobre Fases do Capitalismo

O Capitalismo é um sistema político e socioeconômico que têm como principais características o contrato entre empregador e empregado, acúmulo de capital e livre mercado. Ele é dividido em três fases: Comercial, Industrial e Financeiro. Leia o artigo a seguir para fazer os exercícios sobre Fases do Capitalismo.

Como surgiu o Capitalismo? 

Primeiramente vamos entender como o Capitalismo começou. Leia com atenção para fazer os exercícios sobre fases do Capitalismo e Simulado Beduka

O capitalismo surgiu efetivamente no século XV, mas já estava em desenvolvimento desde o século XIII. O sistema feudal da Idade Média estava entrando em decadência, e no meio disso estavam os burgueses, comerciantes e donos de burgos (pequenas sociedades comerciais). 

Os burgos começaram a crescer efetivamente a partir do séc. XIV e dessa forma, também foi disseminada a filosofia do acúmulo de capital. Com o tempo, esse pensamento seria constante até chegar no formato que hoje conhecemos como Capitalismo

O filósofo Max Weber, em 1903, chegou a associar o capitalismo com o calvinismo (uma seita puritana da Inglaterra do Séc. XVII). O motivo da analogia, era que os puritanos acreditavam que o trabalho duro e investimento na vida humilde dariam a passagem para o paraíso. 

Contudo, na mesma época, países que nunca conheceram o calvinismo (como Japão, por exemplo) apresentavam povos com filosofias semelhantes de trabalho. Além disso, nesse mesmo período, a Escócia também aderiu ao calvinismo, mas manteve sua economia estagnada.

Como se configura o Capitalismo?

Agora vamos ver algumas características gerais do capitalismo para você não se enrolar quando fizer os exercícios sobre Fases do Capitalismo. 

As características principais de uma sociedade capitalista são: 

  • Gerar lucros;
  • Desenvolvimento da propriedade privada;
  • Acúmulo de riquezas;
  • Serviço com trabalho assalariado;
  • Sistemas de produção comandados por proprietários privados e pelo Estado.

Os principais pilares de uma sociedade capitalista são o sistema de classes e a propriedade privada (que garante o primeiro pilar citado). 

Funciona dessa forma. No capitalismo existem aqueles que eram chamados de burguesia e hoje são mais conhecidos como “detentores dos meios de produção”. Eles são as pessoas que tem o dinheiro para comprar as máquinas, espaço e montar toda a estrutura de trabalho, incluindo os trabalhadores. 

Esses trabalhadores são a outra classe, conhecida como “proletariados”. Eles são os que vendem o seu tempo e sua força de trabalho para os donos dos meios de produção. Dessa forma, eles recebem salário e se sustentam na sociedade. 

Dependendo das condições de trabalho podem enriquecer e deixar de ser proletários tornando-se empregadores ou permanecerem empregados enriquecendo o patrão.

Essa divisão de classes representa um modelo econômico com dois pólos: quem oferece o trabalho e é dono dos meios e quem não tem meios e precisa trabalhar para alguém. 

A propriedade privada garante a liberdade, já que ninguém investiria no que não é seu e pode perder a qualquer momento. Imagine sua empresa confiscada pelo Estado ou tomada por qualquer um?

Só quando chamamos algo de “nosso” temos liberdade criadora, podendo crescer, diversificar, gerar renda, multiplicar, etc.. 

Quanto à estruturação política, o capitalismo é um sistema liberal, ou seja, o Estado não interfere nas iniciativas privadas (empresas). Ele apenas cria e aplica leis para proteger a sociedade e seus cidadãos. Claro que uma coisa é a teoria e outra é a prática, mas no papel pelo menos é assim. 

O capitalismo deve muito à globalização por ele ter se tornado um sistema praticamente global. Óbvio que o capitalismo não é um sistema perfeito, embora nenhum sistema até hoje tenha gerado tanta riqueza global quanto ele. 

Quais são as fases do Capitalismo?

Bom, agora que você já entendeu como surgiu e como funciona, vamos finalmente ver as fases desse sistema. Leia com atenção para fazer os exercícios sobre capitalismo. 

O capitalismo possui três fases principais: 

Capitalismo Comercial (Mercantil)

Capitalismo Comercial
Capitalismo Comercial

Essa fase é chamada de pré-capitalismo. Ela ocorreu na época das Grandes Navegações. O que hoje chamamos de “países” ainda estavam se formando naquela época. O poder político era delimitado por quem tinha mais colônias, matérias primas e dinheiro. 

Podemos dizer que os primeiros burgueses foram os negociantes da época do mercantilismo. Eles faziam a mediação entre os produtos e o mercado e levavam uma parte dos lucros no meio do negócio. 

As principais características, portanto seriam: 

  • Teve início no século XV e durou até o século XVIII;
  • Pode ser denominado também como pré-capitalismo;
  • Europa passa pela mudança do feudalismo para o capitalismo;
  • No feudalismo, a terra era o bem mais importante. Ao passar para o capitalismo, a terra se transforma em um bem que é vendido para gerar lucros;
  • Acúmulo de capital por meio dos comércios e conquista de novas colônias.

Capitalismo Industrial (Concorrencial)

Capitalismo Industrial
Capitalismo Industrial

Essa fase foi propiciada pela Revolução Francesa que aumentou consideravelmente o poder da burguesia. E pela Revolução Industrial, em que as máquinas revolucionaram o processo de produção e as dinâmicas de trabalho. A partir desse momento, começou a existir oficialmente a divisão de classe empresarial e trabalhadora. 

Essas inovações foram precedidas pelos governos europeus assumindo mentalidades imperialistas que acabaram por gerar duas Guerras Mundiais. No meio delas, houve a Crise da Bolsa de Nova York que mergulhou o mundo na miséria em 1929. 

Para evitar que isso voltasse a acontecer, foram criadas algumas políticas econômicas, que são maneiras do Estado intervir na economia para evitar um possível extrapolamento. Isso é muito irônico, já que se não fosse a interferência ilegítima do Estado a Crise de 29 nunca teria acontecido.

As principais características dessa fase são:

  • Pode ser denominado também como Industrialismo;
  • Se desenvolveu com a Revolução Industrial no século XVIII;
  • Mudança na fabricação de produtos manufaturados;
  • Com o surgimento do motor a vapor e de máquinas a fabricação de produtos começou a ser em grande escala;
  • O capitalismo Industrial foca principalmente no desenvolvimento do sistema fabril de produção;
  • Surgimento da classe operária.

Capitalismo Financeiro (Monopolista)

Capitalismo Monopolista
Capitalismo Monopolista

Essa fase começou após o fim da Segunda Guerra Mundial, mas já ganhava força desde a Segunda Revolução Industrial. Ela já tem algumas características que conhecemos atualmente.  Essa fase marcou o levante de grandes monopólios e oligopólios. 

Sua dinâmica econômica era diferente das fases anteriores. Ela girava em torno das especulações, o que conhecemos como mercado de ações. Nesse mercado, empresários colocam setores de suas empresas a venda como se fossem produtos. 

Essa fase continuou na Terceira Revolução Industrial e a partir daí apenas se desenvolveu junto com as novas dinâmicas da sociedade até se tornar o capitalismo que conhecemos hoje. 

Suas principais características são: 

  • Iniciado no século XX, juntamente com a Primeira Guerra Mundial;
  • Está presente até os dias atuais;
  • Os fundamentos estão baseados nas leis dos bancos, empresas e grandes corporações;
  • Conhecido com Capitalismo Monopolista Financeiro;
  • Domínio do mercado pelas grandes empresas;
  • Se baseia na globalização.

Exercícios sobre Fases do Capitalismo

Muito bem por ter chegado até aqui. Você já pode fazer os exercícios sobre fases do Capitalismo. Faça também o nosso Simulado Beduka e baixe nosso Plano de Estudo. Boa sorte nos vestibulares e obrigado por ler nossos artigos. 

1 – (UERJ) – 

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) do Ministério da Justiça condenou, ontem, as empresas Roche, Basf e Aventis. Segundo o Cade, essas empresas teriam restringido a oferta e elevado os preços no Brasil das vitaminas A, B2, B5, C e E, na segunda metade dos anos 90. Elas também teriam impedido a entrada de vitaminas chinesas, a preços mais baratos, no Brasil.

As empresas já haviam sido condenadas por práticas semelhantes na Europa e EUA.

Juliano Basile. Adaptado de Valor Econômico, 12/04/2007

Desde o final do século XIX, tornou-se um aspecto marcante do modo de produção capitalista a formação de grandes empresas capazes de controlar a maior parte ou mesmo todo o mercado de um ou mais produtos.

A notícia acima expressa a seguinte prática presente nessa realidade centenária, associada à seguinte característica do atual momento econômico:

a) holding – fusão de companhias do mesmo setor.

b) cartel – controle do mercado em escala planetária.

c) oligopólio – padronização mundial das leis de concorrência.

d) dumping – protecionismo para produtos de países emergentes.

2 – (VUNESP)No fim da década de 80 e início dos anos 90 a bipolaridade mundial declinou; da polaridade ideológica e militar leste/oeste passou-se para a econômica e política norte/sul. Isto significa dizer que atualmente há oposição entre:

a) o oeste rico e industrializado e o leste pobre e agrário; 

b) o oeste pobre e agrário e o sul rico e muito industrializado; 

c) o leste pobre e agrário e o norte rico e industrializado; 

d) o sul rico e industrializado e o norte pobre e agrário; 

e) o norte rico e industrializado e o sul pobre e em processo de industrialização.

3 – (ENEM/2015)

O impulso para o ganho, a perseguição do lucro, do dinheiro, da maior quantidade possível de dinheiro não tem, em si mesma, nada que ver com o capitalismo. Tal impulso existe e sempre existiu. Pode-se dizer que tem sido comum a toda sorte e condição humanas em todos os tempos e em todos os países, sempre que se tenha apresentada a possibilidade objetiva para tanto. O capitalismo, porém, identifica-se com a busca do lucro, do lucro sempre renovado por meio da empresa permanente, capitalista e racional. Pois assim deve ser: numa ordem completamente capitalista da sociedade, uma empresa individual que não tirasse vantagem das oportunidades de obter lucros estaria condenada à extinção.

WEBER, M. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Martin Claret, 2001 (adaptado).

O capitalismo moderno, segundo Max Weber, apresenta como característica fundamental 

a) competitividade decorrente da acumulação de capital.

b) implementação da flexibilidade produtiva e comercial.

c) ação calculada e planejada para obter rentabilidade.

d) socialização das condições de produção.

e) mercantilização da força de trabalho.

4 – (ENEM/2015)

Um carro esportivo é financiado pelo Japão, projetado na Itália e montado em Indiana, México e França, usando os mais avançados componentes eletrônicos, que foram inventados em Nova Jérsei e fabricados na Coreia. A campanha publicitária é desenvolvida na Inglaterra, filmada no Canadá, a edição e as cópias, feitas em Nova York para serem veiculadas no mundo todo. Teias globais disfarçam-se com o uniforme nacional que lhes for mais conveniente. 

REICH, R. O trabalho das nações: preparando-nos para o capitalismo no século XXI. São Paulo: Educator, 1994 (adaptado). 

A viabilidade do processo de produção ilustrado pelo texto pressupõe o uso de

a) linhas de montagem e formação de estoques.

b) empresas burocráticas e mão de obra barata.

c) controle estatal e infraestrutura consolidada

d) organização em rede e tecnologia de informação.

e) gestão centralizada e protecionismo econômico.

5 – (ENEM/2012)

O mundo entrou na era do globalismo. Todos estão sendo desafiados pelos dilemas e horizontes que se abrem com a formação da sociedade global. Um processo de amplas proporções envolvendo nações e nacionalidades, regimes políticos e projetos nacionais, grupos e classes sociais, economias e sociedades, culturas e civilizações.

(IANNI, O. A era do globalismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1997)

No texto, é feita referência a um momento do desenvolvimento do capitalismo. A expansão do sistema capitalista de produção nesse momento está fundamentada na:

a) difusão de práticas mercantilistas.

b) propagação dos meios de comunicação.

c) ampliação dos protecionismos alfandegários.

d) manutenção do papel controlador dos Estados.

e) conservação das partilhas imperialistas europeias.

Respostas dos Exercícios sobre Fases do Capitalismo

Exercício resolvido da questão 1 –

b) cartel – controle do mercado em escala planetária.

Exercício resolvido da questão 2 –

e) o norte rico e industrializado e o sul pobre e em processo de industrialização.

Exercício resolvido da questão 3 –

c) ação calculada e planejada para obter rentabilidade.

Exercício resolvido da questão 4 –

d) organização em rede e tecnologia de informação.

Exercício resolvido da questão 5 –

b) propagação dos meios de comunicação.

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou dos nossos exercícios sobre Fases do Capitalismo? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador