Literatura

Resumo da Literatura contemporânea brasileira!

Tudo sobre a Literatura Contemporânea Brasileira!Tudo sobre a Literatura Contemporânea Brasileira!

A literatura contemporânea brasileira é caracterizada pela mistura de tendências das escolas literárias anteriores. Ela surge em um período pós moderno conflitante e plural, trazendo marcas de seu contexto histórico e movimentos de ruptura, inovação e ressignificação para a prosa e poesia.

Neste artigo sobre Literatura contemporânea, você encontrará:

  1. O que é Literatura contemporânea
  2. Quando começou a literatura contemporânea?
  3. Características da literatura contemporânea
  4. Autores da literatura contemporânea
  • Estudando para as provas? Conheça nosso Simulado gratuito, que pode ser personalizado com as matérias que você mais precisa!

O que é Literatura contemporânea?

A literatura contemporânea é aquela que se vive atualmente, do tempo de agora, por isso recebe esse nome e não tem uma definição acabada. Esse fenômeno acontece no mundo todo, mas a contemporaneidade brasileira compreende um conjunto muito diverso de características agrupadas das escolas literárias anteriores.

Isso revela a sua principal característica: há uma multiplicidade de tendências que irão inovar a poesia e a prosa. Embora possa pegar qualquer característica de qualquer escola anterior, há mais semelhanças com o movimento modernista pelo rompimento com o tradicional.

A diferença é que dentro do movimento modernista observava-se uma pluralidade de subcorrentes com características bem definidas. Na literatura contemporânea brasileira não há uma delimitação específica, mas sim uma mistura que varia de autor para autor.

A contemporaneidade não tem mais um sentimento de busca como a modernidade, mas é representação da crise existencial do homem pós-moderno, sem ter um objetivo final específico.

Contexto histórico: quando começou a literatura contemporânea? 

manifestações-antigas-no-brasil - diretas já

As obras do final do século XX e da primeira metade do século XXI, que estamos vivenciando agora, fazem parte da literatura brasileira contemporânea. Em uma visão mundial, muitos historiadores consideram que ela se iniciou após a Primeira e a Segunda Guerras Mundiais.

Mas o foco para seu vestibular é o Brasil, então vamos recapitular nossa história:

A transição de uma escola literária para outra ocorre devido às mudanças no cotidiano de determinada época. Sendo assim, a literatura contemporânea brasileira é um reflexo dos acontecimentos de sua época, marcada pelos períodos de desenvolvimento tecnológico e industrial e as crises no meio político e social. 

Observe essa linha do tempo por extenso:

  • 1960

O marco brasileiro foi o presidente Juscelino Kubitscheck, na década de 60, com sua política desenvolvimentista e inspirada no âmbito internacional. Assim, surge a Bossa Nova, Cinema Novo, teatro de Arena, televisão, as Vanguardas brasileiras e a Tropicália, típica do modernismo.

Com a sucessão dos presidentes, chegamos às crises de Jânio Quadros e João Goulart, a Ditadura Militar e Getúlio Vargas. Assim, após efervescências, surge um ambiente de censura e contenção no país, atingindo toda a mídia e produção cultural, trazendo contrastes em relação ao período anterior.

  • 1970

Houve também a vitória que levou ao tricampeonato da Copa do Mundo de Futebol, em 1970, fomentando uma onda de nacionalismo por todo o Brasil.

  • 1980

Nos anos 80 inicia-se a mobilização pelo retorno das eleições diretas, concretizada apenas em 89 com a posse da presidência por Fernando Collor de Mello. Depois do impeachment, Fernando Henrique Cardoso assumiu a presidência em 1955.

  • 1990 e 2000

Ele instaurou um tipo de república mais semelhante com o que vivemos nos dias de hoje e assim seguiu a presidência passando por Lula, Dilma, Temer e Bolsonaro. Embora apresentem divergências ideológicas, a base do sistema político (três poderes, pluralidade de partidos, participação popular …) são características que se mantiveram.

Características da literatura contemporânea

Pela sucessão de eventos impactantes, é notável o porquê deste período ser uma mistura de características, como dissemos anteriormente. 

Agora, vamos listar as principais características da literatura brasileira contemporânea para ficar mais claro:

  • Ecletismo: mistura de tendências estéticas 
  • Possibilidade de mistura da arte erudita com a arte popular
  • Prosa histórica, marcada por temas sociais e urbanos
  • Poesia do tipo intimista, como a visual, concreta e marginal
  • Temas cotidianos que podem retomar o regionalismo
  • Engajamento social e marcas da militância
  • Experimentalismo 
  • Técnicas inovadoras nos recursos gráficos, montagens e colagens.
  • Podem ter textos em formato reduzido, como minicontos, mini crônicas e poemas frasais
  • Intertextualidade e metalinguagem

Quais são as tendências contemporâneas?

Como estamos falando em um movimento que vivenciamos, não há como fechar as características todas, mas apontar e indicar as tendências que devem continuar.

Assim, podemos dizer que nos dias de hoje vemos duas tendências na literatura contemporânea: 

Estilos literários chamados de conteporânea tradicional, marcados por autores de características pós-modernistas reformuladas, com traços do romantismo:

  • Regionalista
  • Intimista
  • Urbano-social
  • Memorialista
  • Experimentais e metalinguísticos

E os estilos literários chamados de conteporânea alternativa, marcados por autores que querem romper com o máximo possível, marcados pela ditadura e com destaque para a poesia:

  • Concretismo: poesia que não tem forma ou versos definidos, lido em qualquer direção.
  • Poema processo: marcados por Décio Pignatari e o Luiz Ângelo Pinto — criaram o poema semiótico ou código que geralmente é visual e tem semelhança com o dadaísmo.
  • Poesia social: saem do padrão da concreta e da lírica, impondo temas de interesse social, como a Guerra Fria e o Neocapitalismo. Após o golpe militar, ela é considerada um estilo de resistência.
  • Poesia marginal: vai na contramão da cultura do Brasil na época da ditadura militar, tendo o objetivo de expressar toda a violência diária sofrida pelos opositores ao sistema. Vai contra o conservadorismo da sociedade e se alimenta da ironia, sarcasmo, gírias e humor.

Autores da literatura contemporânea

quais-são-os-principais-autores-da-literatura-conteporanea-brasileira

Listamos alguns dos principais autores da literatura brasileira contemporânea e suas obras. Assim, você pode lembrar se já conhece algum ou descobrir mais sobre os que não conhecia!

  • Ariano Suassuna

Esse autor escreveu o “Auto da Compadecida” (1955) e “O Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta” (1971). Ele é muito famoso em todo o Brasil, principalmente por retratar o nordeste!

  • Adélia Prado

Dentre as produções de Adélia Prado destacamos o livro de poesias “Bagagem” (1976) e o romance “O Homem da Mão Seca” (1994). Ela foi uma autora que alcançou enorme prestígio e escreveu com uma sensibilidade incomparável, tendo obras que caem no vestibular!

  • Cacaso 

Esse autor foi responsável pelos livros de poesias “Na corda bamba” (1978) e “Mar de Mineiro” (1982), além de ser um expoente das poesias marginais.

  • Cora Coralina

As principais obras de Cora Coralina foram o livro de poesias “Poemas dos Becos de Goiás e estórias mais” (1965) e o livro de contos “Estórias da Casa Velha da Ponte” (1985). Ela é outra grande senhora cujo nome percorreu por todo o país!

  • Millôr Fernandes

As obras desse autor são repletas de ironia, humor e sarcasmo, também sendo um expoente das poesias visuais e marginais. As obras que se destacam são: “Hai-Kais” (1968), “Millôr Definitivo: A Bíblia do Caos” (1994) e “A Entrevista” (2011).

  • Paulo Leminski

Das obras de Paulo, merecem destaque o livro de poesia “Distraídos Venceremos” (1987) e o romance “Agora é que são elas” (1984). Ele também é muito reflexivo e ácido em seus comentários, produzindo desde contos até poemas.

  • Ferreira Gullar

Dentre os principais livros de Ferreira Gullar destacamos o “Poema Sujo” (1976) e “Em Alguma Parte Alguma” (2010). A obra mais conhecida desse autor é a “Teoria do não-objeto” (1959).

Gostou do nosso artigo sobre literatura contemporânea? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador