Biologia

Tudo sobre Répteis: curiosidades, características, classificação e importância!

O mundo dos Répteis e suas principais características!O mundo dos Répteis e suas principais características!

Os Répteis são os primeiros animais completamente adaptados à vida terrestre, tendo a pele grossa, seca e queratinizada. Além disso, seu nome significa aqueles que rastejam, por seu modo característico de andar. Exemplos de répteis são cobras, lagartos, crocodilos e tartarugas! Eles são seres exotérmicos e antigos, tendo o dinossauro como ancestral!

Neste artigo sobre répteis, você encontrará:

  1. O que são Répteis? Exemplos e importância
  2. Classificação dos Répteis
  3. Principais características dos Répteis
  4. Fisiologia dos Répteis
  5. Curiosidades sobre Répteis
  • Estudando para as provas? Conheça nosso Simulado gratuito, que pode ser personalizado com as matérias que você mais precisa!

O que são Répteis? Exemplos e importância

A palavra Réptil vem do latim “reptare”, que significa “rastejar”. O próprio nome sugere que esses animais são conhecidos por sua locomoção de rastejamento, como as cobras, lagartos, jacarés, iguanas, tartarugas e tantos outros

Curiosamente, os répteis foram os primeiros seres a ocupar definitivamente o ambiente terrestre. Por mais que os anfíbios sejam os primeiros a atingir a terra, eles ainda possuem algumas funções reprodutivas dependentes da água. Os répteis, pelo contrário, são independentes. Os dinossauros são os primeiros exemplos de répteis!

Ainda assim, alguns deles costumam habitar em ambientes com a presença de lagos e rios, embora há outros que são encontrados em desertos e florestas! Por essas características, os répteis são peças muito importantes na teoria da evolução

Há tartarugas que são herbívoras, mas de modo geral os répteis são excelentes predadores. Podem alimentar-se de qualquer animal, inclusive os maiores que eles… com certeza você ouviu falar das cobras que comem bois! Como eles têm uma alimentação variada, são essenciais na regulação da Cadeia e Teia alimentar!

Quais são as características dos Répteis?

Como pertencem ao Reino Animal, os répteis compartilham todas as características comuns desses seres. Contudo, o que as fizeram se agrupar aqui foram a combinação de algumas características específicas:

  • Pele grossa, seca, queratinizada e com escamas ou placas ósseas. Perfeita para o ambiente terrestre.
  • A maioria é tetrápode (rasteja sobre quatro patas), exceto a cobra.
  • O corpo dos répteis é formado por cabeça, pescoço, tronco e cauda.
  • São todos ectotérmicos/exotérmicos. Sendo sangue frio, sua temperatura corporal varia conforme às condições do meio externo. O metabolismo deles não regula sua própria temperatura.
  • A maioria é predadora e carnívora, com exceção das tartarugas que são herbívoras
  • Pioneiros na independência definitiva do meio aquático
  • São vertebrados, possuem esqueleto ósseo e cauda.
  • Seu desenvolvimento é direto, ou seja, não possuem fase larval.

Agora vamos observar as características da fisiologia!

Anatomia e Fisiologia dos Répteis

A Anatomia é uma área da Biologia responsável por dar nome às partes do corpo, enquanto a Fisiologia se ocupa do funcionamento dos órgãos e Sistemas. Vamos compreender o funcionamento das principais partes:

Sistema Reprodutor

sistema-reprodutor-dos-répteis-ovíparos-e-ovovivíparos-ovos-de-tartaruga-chocando-e-nascendo

A maior parte dos répteis são ovíparos, ou seja, botam ovos. Apenas algumas cobras e lagartos são ovovivíparas, ovos que permanecem dentro do corpo da mãe.

A reprodução é sexuada, a fecundação é do tipo interna e o desenvolvimento do embrião ocorre dentro dos ovos, os quais são revestidos por cascas córneas ou calcárias. Assim, o embrião fica protegido de se ressecar, importante fator para a conquista do ambiente terrestre!

O ovo apresenta anexos embrionários e, quando os filhotes nascem,  assemelham-se aos adultos porque o desenvolvimento é direto.

Sistema Respiratório

sistema-respiratório-dos-répteis

Os répteis apresentam uma respiração completamente pulmonar, sendo que estes contém alvéolos pulmonares, tornando as trocas gasosas eficientes. A independência da respiração cutânea também foi essencial para a conquista do ambiente terrestre! 

Sistema Digestório

sistema-digestório-dos-répteis

O sistema digestório dos répteis é completo: eles apresentam boca, faringe, esôfago, estômago, intestino e cloaca. Além disso, possuem glândulas como o  fígado e pâncreas.

Sistema Circulatório

Sistema-circulatório-dos-répteis

A circulação dos répteis é fechada e dupla! Ou seja, ocorre dentro de vasos sanguíneos, tem o circuito pulmonar e o corporal.

Mas cuidado!

O coração de serpentes e tartarugas apresenta dois átrios e um ventrículo incompletamente separado. Enquanto os crocodilianos apresenta dois átrios e dois ventrículos bem definidos.

Sistema Nervoso e sensorial

O órgão olfativo dos répteis lhes permite sentir o gosto e o cheiro, sendo que a maioria dos répteis é capaz de ouvir sons.

A visão não é privilegiada, mas os olhos possuem pálpebras e membrana nictitante para protegê-los quando submersos.

Quando estão em terra, são hidratados por glândulas lacrimais, daí a expressão “lágrimas de crocodilo”, uma vez que aqueles animais “choram” com frequência.

As serpentes apresentam a fosseta loreal, um orifício entre o olho e a narina com função de termorrecepção.

Taxonomia – Classificação dos Répteis

Exemplos-de-répteis-de-cada-ordem-crocodilianos

A Taxonomia é uma ciência que classifica e nomeia todos os seres vivos já encontrados. De acordo com os níveis taxonômicos, os Répteis pertencem ao Reino Animal, Filo Cordata e subfilo Vertebrata. A Classe é que recebe o nome Reptilia.

De acordo com a teoria evolutiva, a classe dos répteis ocupam a terceira posição na ordem crescente de complexidade:

Dentro da Classe existem algumas subdivisões chamadas Ordens. Elas são:

Ordem Crocodilia

A ordem dos crocodilianos representa a maior parte dos répteis que existem atualmente., como os jacarés e crocodilos. O que os identifica e distingue é :

  • Corpo revestido por placas córneas
  • Presença de quatro patas curtas e uma cauda (tetrápodes)
  • Dentes grandes e afiados (predadores)
  • Coração com quatro cavidades completamente separadas

Ordem Rhynchocephalia

A ordem Rhynchocephalia é o grupo de réptil mais primitivo. Por isso, as Tuataras são os únicos representantes vivos e se encontram ameaçados de extinção, estando presentes apenas na Nova Zelândia!

  • Podem habitar em ambientes frios
  • São animais carnívoros
  • Os dentes estão fundidos ao maxilar
  • Podem chegar até aos 100 anos de idade

Ordem Squamata

A ordem dos Squamata são também conhecidos como escamados, pois possuem corpo recoberto por escamas. Eles são representados pela cobras e lagartos. As principais características:

  • Divididos em Lacertílios (lagartos) e Ofídios (cobras)
  • Os lagartos são tetrápodes (quatro patas) e as cobras são ápodes (sem patas)
  • Algumas espécies de serpente são peçonhentas, ou seja, são venenosas!

Ordem Testudines

A ordem dos Testudíneos são aquelas em que não há escamas, mas há cascos! Eles são formados de placas ósseas e seus representantes são as tartarugas!

  • São, em sua maioria, herbívoros
  • Apresentam cascos 
  • Podem ser totalmente terrestres, aquáticos ou terrestres de ambiente úmido.

Gostou do nosso artigo sobre Répteis? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador