Biologia

Tudo sobre Aves: curiosidades, características, classificação e importância!

O que são Aves e quais são suas características!O que são Aves e quais são suas características!

As Aves são animais vertebrados caracterizados por terem penas, bicos e asas. Elas possuem sangue quente (homeotérmicas), apresentam um metabolismo elevado, e necessitam de muita energia para manter o ritmo. Todo o seu funcionamento e estrutura são adaptados para torná-las leve para o voo.

Neste artigo sobre Aves, você encontrará:

  1. O que são Aves? Exemplos e importância
  2. Classificação das Aves
  3. Principais características das Aves
  4. Fisiologia das Aves
  5. Curiosidades sobre Aves
  • Estudando para as provas? Conheça nosso Simulado gratuito, que pode ser personalizado com as matérias que você mais precisa

O que são Aves? Exemplos e importância

As aves são um grupo de animais muito conhecido por apresentar penas e bicos! Alguns exemplos delas são: canário, pomba, penguin, papagaio, arara, gavião, coruja, pardal, etc. São tantas…na realidade, há cerca de 9000 espécies conhecidas!

Você deve estar pensando que já conhece tudo de aves, mas não se engane! Na biologia, vamos descobrir porque algumas aves voam e outras não, como funciona o sistema de voo, canto e a sua fisiologia. Vamos entender os conceitos biológicos aplicados e muitas curiosidades ao final!

Antes, precisamos lembrar que as aves têm uma importância ecológica muito grande. Além de participarem da cadeia alimentar controlando a população de insetos e roedores, esses animais são essenciais para os vegetais: atuam na polinização de algumas espécies e como dispersoras de sementes.

Quais são as principais características das Aves?

Como pertencem ao reino animal, as aves compartilham todas as características comuns desses seres. Contudo, o que as fizeram se agrupar aqui foram a combinação de características específicas:

  • Presença de penas (exclusivo das aves)
  • Presença de bico sem dentes
  • presença de asas (com ou sem função de voar)
  • Pele queratinizada, seca e impermeável
  • Possuem sangue quente (são seres homeotérmicos ou endotérmicos)
  • Podem ocupar ambientes marinhos ou terrestres, mas predominam nos ares!
  • São vertebradas
  • São ovíparas com casca rígida
  • Metabolismo elevado
  • Anatomia leve

Além disso, a Fisiologia de cada Sistema também é única, pois são todos voltados para facilitar o voo. Vamos compreender o funcionamento metabólico no próximo tópico!

Antes, vamos analisar a função dessas características próprias:

Penas

As penas, como já dissemos, são uma característica exclusiva das aves e isso tem uma justificativa! A maioria das aves passam boa parte de sua vida voando ou nadando. Para isso, as penas são essenciais em servir de isolante térmico e manter a endotermia.

Os outros isolantes térmicos dos animais costumam ser a gordura ou o couro, mas esses materiais são pesados demais para alçar voo. Assim, na história da evolução, acabaram destacando-se as penas.

Outras duas funções das penas são servir de camuflagem de acordo com a vegetação local e ser um atrativo sexual, sendo que normalmente os machos possuem exuberância nas cores. (Lembre-se dos pavões!)

Asas e voo

flamingos-voando-e-batendo-asas

O voo foi e é um importante mecanismo de adaptação, pois permitiu uma série de facilidades às aves:

  • Locomover-se entre habitats com facilidade
  • Fugir de predadores
  • Buscar novas fontes de alimentos diante de uma escassez
  • Ter maior campo visual do ambiente
  • Realizar migrações rapidamente diante de condições desfavoráveis

Mas, ao longo dos anos, algumas aves acabaram em ambientes em que o voo não era tão necessário. Por processos de seleção natural sua capacidade de voo foi reduzida ou extinguida, mesmo tendo asas.

Diante disso, distingue-se dois grupos de aves:

  • Carinatas: aves que podem voar, possuem esse nome porque há uma quilha (estrutura) no osso esterno e músculos peitorais chamada de carena. Ela dá sustentação para que o batimento de asas seja forte o suficiente para alçar e manter voo.
  • Ratitas: só conseguem fazer voos curtos como as galinhas ou não possuem carena e não fazem nada, como os avestruzes e emas. As asas podem ainda sofrer modificações para se assemelhar às nadadeiras e permitir o nado, como nos pinguins.

Pele

A pele das aves é queratinizada assim como o ser humano: seca e impermeável. Porém, algumas aves apresentam as glândulas uropigianas situadas acima da cauda. Sua função é auxiliar na hidratação da pele e tornar as penas impermeáveis à água, pois secretam um óleo.

Isso explica porque os patos viram a cabeça até a cauda e esfregam o bico no restante do corpo! 

Canto

pássaro-cantando-em-cima-de-galho

O canto das aves é tão belo que é utilizado em filmes, livros e muito apreciado por nós! Sua origem está em um órgão específico do seu aparelho fônico: a siringe. O canto pode servir como elemento de comunicação, advertência, demarcação de território e atração sexual.

Classificação das Aves

As classificações na Biologia servem com o intuito de agrupar ou diferenciar seres, facilitando o processo de identificação e comparação. No caso das aves, elas podem ser classificadas quanto ao habitat, à alimentação ou de acordo com a Taxonomia.

Alimentação

alimentação-dos-pássaros-2-beija-flores-sugando-nectar-de-flor

Nem todas as aves se alimentam das mesmas coisas ou se utilizam das mesmas técnicas para conseguir alimento, pois dependem do ambiente em que vivem e das ofertas neles. Cada espécie possui a sua peculiaridade e hábitos próprios, veja: 

  • Insetívoros: esse tipo de ave come insetos capturados durante o voo ou no próprio solo. Ex: andorinhas, bem-te-vi, bacuraus e suiriri.
  • Granívoros: alimentam-se de sementes e grãos. Por exemplo, as pombas, canários e as rolinhas.
  • Frugívoros: são aqueles que alimentam-se de frutas e frutos, como o sabiá, o sanhaçu ou o saíras, por exemplo.
  • Nectarívoros: extraem o néctar das flores. Ex.: cambacicas e beija-flores.
  • Carnívoros: consomem carne de animais vivos. Os falcões, águias e gaviões são considerados grandes predadores.
  • Piscívoros: se alimentam de peixes. Ex: garças brancas, a águia-pescadora e o martim-pescador.
  • Necrófagos ou detritívoros: são aquelas que ingerem carne de animais mortos, consequentemente efetuam a limpeza da natureza. Ex: gaivotão e urubu-comum.
  • Onívoros: são as aves que apresentam hábito alimentar generalista e diversificado, podendo comer frutas, insetos ou grãos. Ex: pardal, a gralha e o pombo. 

Habitat

Os ecossistemas abrigam uma diversidade de condições, com climas e ambiente diferentes. Por esse motivo, elas podem ser classificadas de acordo com o local em que vivem:

  • Aquáticas: vivem em rios e lagos de água doce
  • Silvícolas: vivem em florestas, matas, cerrado, caatinga e campos rupestres
  • Limícolas: preferem locais com lodo, a exemplo de manguezais e lagoas
  • Marinhas: vivem nas costas e oceanos, lugares tidos como definidos

Taxonomia

A Taxonomia é uma ciência que classifica e nomeia todos os seres vivos já encontrados. De acordo com os níveis taxonômicos, as aves pertencem ao Reino Animal, Filo Cordata e subfilo Vertebrata. A Classe é que recebe o nome Ave.

De acordo com a teoria evolutiva, a classe das Aves ocupam a quarta posição na ordem crescente de complexidade:

Esta Classe está subdividida em:

• Anseriformes (cisnes, tachãs, patos, anhumas, gansos)

• Apodiformes (andorinhões, beija-flores)

• Caprimulgiformes (curiangos, urutaus, bacuraus)

• Casuariiformes (casuares, emus)

• Charadriiformes (trinta-réis, gaivotas, batuíras, quero-quero)

• Ciconiiformes (cegonhas, garças, curicacas, socós, urubus, colhereiros)

• Coraciiformes (juruvas, martins-pescadores)

• Coliiformes (“mousebirds”)

• Columbiformes (rolinhas, pombos)

• Cuculiformes (cigana, cucos)

• Dinornithiformes (kiwis)

• Falconiformes (águias, gaviões, condores, carcarás)

• Galliformes (aracuãs, mutuns, jacus, perus, faisões)

• Gaviiformes (“loons”)

• Gruiformes (grous, saracuras, seriemas, pavãozinho-do-Pará)

• Musophagiformes (turacos)

• Phoenicopteriformes (flamingos)

• Piciformes (arirambas, pica-paus, araçaris, tucanos)

• Passeriformes (bem-te-vi, pássaros – pardal)

• Pelecaniformes (fragatas, atobás, pelicanos, biguás)

• Podicipediformes (mergulhões)

• Rheiformes (andus, emas)

• Sphenisciformes (pinguins)

• Strigiformes (corujas)

• Struthioniformes (avestruz)

• Tinamiformes (macucos, codornas, inambus)

• Trogoniformes (surucuás)

Anatomia e Fisiologia das Aves

A Anatomia é uma área da Biologia responsável por dar nome às partes do corpo, enquanto a Fisiologia se ocupa do funcionamento dos órgãos e Sistemas. Vamos compreender o funcionamento das principais partes:

Sistema Digestório

sistema-digestório-das-aves

As aves têm bico rígido e sem dentes, portanto, o alimento não passa por trituração na boca. Mas como isso ocorre então? Vejamos:

Para isso, o tubo digestivo apresenta algumas adaptações como presença de papo para armazenagem e de moela onde o alimento é triturado. Após passar pelo intestino, as fezes são eliminadas pela cloaca, uma grande bolsa com abertura externa que armazena os órgãos de vários sistemas: digestório, excretor e reprodutivo.

Sistema Respiratório

sistema-respiratório-das-aves

A respiração das aves é realizada pelos pulmões que não possuem alvéolos. Eles são formados por vários para-bronquíolos onde ocorrem as trocas gasosas por difusão

Além disso, os pulmões se interligam por projeções chamadas sacos aéreos, que passam por todo corpo do animal, inclusive no interior dos ossos. Assim, até mesmo seu esqueleto é aerado e leve, essencial para o voo!

Sistema Circulatório

O sistema circulatório das aves apresenta um coração com quatro câmaras: dois átrios e dois ventrículos, semelhante ao humano. O que é ótimo para bombear melhor o sangue para manter o metabolismo acelerado.

Sistema Excretor

O sistema excretor é formado por rins e a substância excretada é o ácido úrico. Como o ácido úrico é o composto mais metabolizado e menos tóxico, precisa de menos retenção de água, assim, o animal fica mais leve.

Nesses animais há a ausência de bexiga urinária e o material excretado vai direto do rim aos ureteres, onde é eliminado com as fezes. Em algumas espécies, existem glândulas de sal, cuja função principal é a eliminação de grande quantidade de sal. Essa estrutura é comum em aves marinhas e também ajuda na não retenção de água e alívio no peso.

Sistema Reprodutor

sistema-reprodutor-das-aves

As aves são animais ovíparos, ou seja, produzem ovos. A sua casca é rígida e formada por carbonato de cálcio. Além disso é porosa e permite a troca gasosa entre o embrião e o ambiente. É também na cloaca que os ovos são postos.

A reprodução é do tipo sexuada e a fecundação é interna, ocorrendo antes que o óvulo seja revestido pela casca calcária. No interior do ovo, há membranas protetoras e reservas alimentares na forma de gema e clara.

Sistema Nervoso

O cérebro das aves é responsável pela coordenação e pelo equilíbrio sendo bastante volumoso, o que permite a movimentação em três dimensões durante o voo. 

Além disso, os olhos também são bastante desenvolvidos permitindo uma visão de longo alcance. Aves marinhas, por exemplo, conseguem ver dentro e fora da água. Aves de rapina são capazes de detectar presas por meio de sensibilidade à luz ultravioleta.

Curiosidades sobre Aves

  • Seu tamanho varia muito, desde os 5 cm (Colibri) até os 2,75 m (avestruz)! 
  • As aves são a evolução dos dinossauros que conseguiram desenvolver a habilidade do voo depois de milhares de anos!
  • Algumas aves transmitem doenças aos seres humanos. As fezes dos pombos transmitem histoplasmose, criptococose (meningite fúngica) e salmonelose. Também as fezes do papagaio transmitem psitacose, um tipo de pneumonia.
  • Algumas aves, especialmente os corvos e os papagaios, estão entre os animais mais inteligentes do planeta. Algumas espécies constroem e usam ferramentas e passam o conhecimento entre gerações.
  • Nas florestas da Austrália e da Nova Guiné, vive o Casuar, ave que tem a altura de uma pessoa adulta. Ele tem uma crista formada por ossos que o ajuda a abrir caminho na floresta. Quando se sente ameaçado, pode dar coices e causar ferimentos graves!

Gostou do nosso artigo sobre Aves? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador