História

Entenda a Revolução Russa! Resumo completo: das causas às consequências!

Entenda tudo sobre a Revolução Russa - Antecedentes, causas e consequências!Entenda tudo sobre a Revolução Russa - Antecedentes, causas e consequências!

A Revolução Russa, ocorrida em 1917, foi um conjunto de eventos sociais e políticos que alteraram a estrutura do país. A Monarquia Autocrática foi substituída por um Governo Provisório e, depois, houve a formação e consolidação da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, sob o comando de Lênin.

Neste artigo sobre a Revolução Russa, você encontrará:

  1. Resumo em tópicos no início: Causas e Consequências
  2. Explicação completa: o que foi a Revolução Russa?
  3. Antecedentes 
  4. Principais características das duas fases
  5. Governos de Lênin e Stalin
  • Estudando para as provas? Conheça nosso Simulado gratuito, que pode ser personalizado com as matérias que você mais precisa!

Revolução Russa – Resumo em tópicos das causas e consequências

bandeira-comunista

Vamos citar apenas os tópicos principais neste momento, depois, iremos aprofundar no desenrolar da história!

Causas da Revolução Russa:

  • Modelo agrário feudal, industrialização tardia e concentração da riqueza na aristocracia
  • Fome, pobreza e insatisfação social
  • Oposição à Monarquia Absolutista
  • Novas ideias revolucionárias de governo (liberais e socialistas)
  • Repressão popular, como o Domingo Sangrento

Consequências da Revolução Russa:

  • Queda da Monarquia
  • Instauração do Governo Provisório e crescimento dos Sovietes
  • Retirada da Rússia da Primeira Guerra Mundial
  • Criação e consolidação da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS)
  • Stalinismo

O que foi a Revolução Russa?

A Revolução Russa foi um conjunto de eventos sociopolíticos no país, ocorridos em 1917. Anteriormente, a Rússia possuía estruturas atrasadas em relação ao resto do mundo, tanto no campo econômico quanto político. A monarquia absolutista e a recém formada classe trabalhadora são pontos importantes desse cenário.

Em um período em que teorias liberais e socialistas chegavam ao país, a revolução pode ser dividida em duas fases, de acordo com a vertente ideológica. Um dos resultados foi a mudança do sistema de governo com a criação da União Soviética.

Para compreender como essas mudanças aconteceram e as outras consequências, precisamos analisar esses períodos separadamente!

Antecedentes 

Família-do-Czar-Nicollau-II-antecdentes-da-revolução-russa

A Rússia vivia sob o modelo Czarista, uma monarquia absolutista associada à autocracia. Este modelo era sustentado pela nobreza rural (aristocracia) e tinha apoio do clero ortodoxo. O “Czar” era o rei e este título veio de uma adaptação da palavra “César”, usada no Antigo Império Romano.

O sistema russo era baseado na produção agrícola feudal e estava iniciando a primeira fase de industrialização. Além disso, abrigava a maior população da Europa, que vivia em pobreza porque os senhores das terras cobravam altos impostos em troca de proteção militar.

Vamos entender a trajetória do Governo Russo:

  • 1858 – 1881: Alexandre II 

O Czar tinha consciência da necessidade das reformas modernizadoras e realizou a abolição da servidão agrária, distribuição de terras inutilizadas para camponeses, incentivou o ensino básico, deu autonomia às universidades e às províncias. Sofreu forte oposição da nobreza.

A tensão social permaneceu porque faltavam recursos técnicos para os agricultores e a  fome continuava. Com a autonomia das universidades as ideias liberais e socialistas entraram no país. Um grupo que era contrário à monarquia assassinou o Czar.

  • 1881 – 1894: Alexandre III

Após o assassinato, a aristocracia uniu-se ao novo czar, Alexandre III. Ele retomou o absolutismo com todas as forças, investiu no poder da polícia do governo (Okhrana) e  controlou todos os setores educacionais e midiáticos. 

A recém industrialização era desfrutada somente pelos nobres, surgindo uma classe trabalhadora miserável. Com a chegada das ideias revolucionárias, surge o Partido Operário Social-Democrata Russo (POSDR) que foi posto na ilegalidade. 

  • 1894 – 1918: Nicolau II, o último Czar

O sucessor facilitou a entrada de capitais estrangeiros para promover a industrialização e mudanças na infra-estrutura, mas somente nos centros urbanos populosos. Com as más condições de trabalho, o socialismo ganhou força e surgiram os Sovietes, uma organização trabalhista marxista.

Haviam inúmeras revoltas violentas nas ruas e o Czar mandou reprimi-las também com violência. O estopim foi quando uma marcha coletiva e pacífica se dirigiu ao palácio e foi baleada pela guarda imperial. Este episódio ficou conhecido como Domingo Sangrento.

Fases da Revolução Russa

Depois do Domingo Sangrento, a revolução de fato se organizou. Ela foi dividida em duas fases:

  • Revolução de Fevereiro – Revolução Branca

Marca-se o fim da monarquia e estabelece-se uma república de cunho liberal como Governo Provisório.

  • Revolução de Outubro – Revolução Vermelha

Na qual o Partido Bolchevique, que eram socialistas moderados, derrubou o Governo Provisório e impôs a Ditadura Socialista.

Revolução Branca – Como foi o Governo Provisório? 

imagem-do-domingo-sangrento

Novas passeatas aconteceram, mas o governo temia um novo Domingo Sangrento e não queria irritar mais a população. Em Fevereiro, um conjunto de soldados e trabalhadores vestidos de vermelho invadiram o palácio onde a Duma se reunia. 

Era um encontro de autoridades que davam conselhos ao Czar e era dividida em dois grupos: um liberal e outro soviete (socialista). Cercado por pressões de todos os lados, Nicolau II assinou sua abdicação.

Após a queda do Czar, o Governo Provisório surgiu comandado por um príncipe latifundiário. Era um governo de caráter liberal burguês, que defendia a propriedade privada, a diminuição da atuação do Estado e a continuação na Primeira Guerra Mundial. 

A polícia foi abolida e substituída por milícias populares. Um dos militares tentou dar o golpe para implantar uma ditadura militar, mas falhou.

Com um Estado menor e mais autonomia popular, os socialistas se organizaram em conselhos chamados de Sovietes. Lênin foi o primeiro líder e juntou-se a Trotski, responsável pela divulgação dos bolcheviques

Pelas Teses de abril, Lenin declarou que os bolcheviques não apoiariam o Governo Provisório e incitou a união dos soldados para tirar a Rússia da Primeira Guerra Mundial e pôr fim ao imperialismo. Eles acreditavam que a revolução motivaria outras rebeliões socialistas nos demais países.

Foi criado um órgão central para a organização dos Sovietes, chamado de Comitê Executivo Central dos Sovietes. Eles organizaram manifestações que eram reprimidas pela opinião pública. Acusado pelo Governo de ser um agente alemão, Lenin fugiu para a Suíça. 

Mesmo em exílio, Lenin e Trotski preparam uma rebelião armada chamada Exército Vermelho. A essa altura, o governo era um “poder-duplo” e os socialistas ganhavam força.

Revolução Vermelha – Como foi o Governo Soviete?

sovietes-marchando-na-rua

Com o financiamento dos Alemães, Lênin retornou à Rússia e a mentalidade do Comunismo de Guerra já havia sido instaurada: só pela guerra civil é que se implantaria o socialismo e chegaria ao comunismo.

Eles queriam a reforma agrária, a retirada da Rússia da Primeira Guerra Mundial e o fim da fome. Confiscaram propriedades privadas, estatizaram a economia e a Rússia foi retirada da guerra com acordo de Paz de Brest-Litovsk.

Logo assassinaram o Czar Nicolau II, violentaram e mataram o restante da dinastia Romanov. Nobres eram saqueados e divergências internas aconteciam no POSDR. Havia uma minoria menchevique que queria a transição lenta do capitalismo para o socialismo, mas os bolcheviques, como Lênin, eram revolucionários.

Essa fase ficou conhecida como Terror Vermelho, pois os líderes eram totalitários e violentos, associados até ao Terror Jacobino da Revolução Francesa

A União Soviética logo foi criada em 1922 abrangendo todos os países que fizeram parte do antigo Império Russo, tendo Lênin como o primeiro líder. O comissário do povo e ministro das Relações Exteriores era Trotsky, enquanto Stalin era ministro das Nacionalidades.

Consequências da Revolução Russa

Uma vez consolidado no poder, os sovietes remodelaram o POSDR, aniquilando inimigos internos e oficializando o novo Partido Comunista

A Rússia estava devastada ao fim da guerra externa e interna, o socialismo se consolidava e houve a criação da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).

Governo de Lênin

fotografia-de-lenin-em-petro-e-branco-lider-da-revolução-russa

As medidas de planificação econômica do Estado socialista não deram certo e Lênin teve que implantar a NEP – Nova Política Econômica. 

As medidas de violência e repressão física  foram diminuídas, o foco de Lênin era difundir a ideologia na população e fomentar um conjunto de medidas econômicas e políticas

Por mais que parecesse contraditório ao plano inicial socialista, a NEP abria a URSS para investimento de capital externo e dava liberdade de comércio interno, pois acreditava que era preciso “dar um passo atrás para avançar dois a frente”.

Ainda assim, mantinha controle estatal sobre bancos e indústrias de base e permanecia com o lema “todo poder aos sovietes”.

Governo de Stalin – Stalinismo 

fotografia-preta-e-branca-de-stalin-maior-ditador-comunista-da-união-soviética

Trotski e Stalin disputavam o poder, o primeiro queria a difusão imediata do socialismo pelo mundo, enquanto o segundo queria a consolidação da ditadura do proletariado apenas no território da URSS. Stalin exilou Trotsky e mandou matá-lo, assumindo o governo

Ele retomou e aperfeiçoou a política de governar pelo terror e, assim, tornou o país uma das principais potências mundiais. Criou campos de concentração chamados Gulags, onde colocava todos os que discordassem dele, incluindo ex-aliados comunistas.

Conseguiu abolir todas as aparelhagens estatais e tornou-se um líder soberano, um verdadeiro autocrata comunista. Acredita-se que esse regime tenha matado tanto quanto o Nazismo, e também promoveu um culto ao líder e à pátria.

Logo, a URSS tornou-se potência e entrou no embate contra os Estados Unidos. Esse episódio marcou o mundo e foi conhecido como Guerra Fria!

Gostou do nosso artigo sobre a Revolução Russa? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador