Biologia

GUIA COMPLETO dos Sistemas do Corpo Humano!

Sistemas do Corpo HumanoSistemas do Corpo Humano

O corpo humano é constituído pelos sistemas: cardiovascular, respiratório, digestivo, nervoso, endócrino, excretor, reprodutor, esquelético, muscular, imunológico e linfático. Esses sistemas estão conectados mas exercem funções específicas e vitais no organismo.

O ENEM sempre cobra no caderno de Ciências da Natureza e suas tecnologias, questões relacionadas à fisiologia do corpo humano. Pensando nisso, o Beduka preparou um artigo sobre todos os Sistemas do Corpo Humano para você se preparar para o ENEM e outros vestibulares.

Não deixe de conferir nossos exercícios sobre Sistemas do Corpo Humano.

Nesse artigo vamos falar sobre:

  • TODOS os Sistemas do Corpo Humano;
  • Órgãos dos Sistemas do Corpo;
  • Principais Sistemas.

Sistemas do Corpo Humano

O corpo humano é formado por vários sistemas, que atuam em conjunto para garantir o funcionamento do organismo humano. Esses sistemas podem ser definidos como conjuntos de órgãos. Apesar de estarem ligados, realizam atividades específicas.

Sistema Circulatório do Corpo Humano

sistema-circulatorio

O Sistema Circulatório, ou Sistema Cardiovascular, é responsável por levar nutrientes e oxigênio às células de todo o corpo humano, através do sangue.

O sistema circulatório é composto por diversos condutores, que podem ser veias, artérias ou capilares; e pelo coração, que é uma espécie de bomba responsável por impulsionar o sangue por toda a rede de vasos. 

Órgãos do Sistema Circulatório

Sangue

O sangue é um tecido líquido produzido na medula óssea composto por plaquetas, hemácias e leucócitos. Ele possui um papel fundamental no sistema cardiovascular, tendo a função de carregar os nutrientes e o oxigênio através da corrente sanguínea até as células.

Coração

O coração é um órgão que funciona como uma bomba, tendo a função de impulsionar o sangue para os pulmões e para demais os tecidos e células do organismo humano. 

Vasos Sanguíneos

Os vasos sanguíneos são tubos condutores do sistema circulatório. Eles estão distribuídos por todo o organismo, sendo os locais por onde o sangue circula. São constituídos por uma rede de artérias e veias que se ramificam formando os capilares.

Aprenda mais sobre o Sistema Circulatório e a circulação sanguínea.

Sistema Respiratório do Corpo Humano

sistema-respiratório

O sistema respiratório é o conjunto de órgãos responsável pela respiração, que consiste nos processos de troca do organismo com o ambiente externo que permite a obtenção de gás oxigênio (O2) e a eliminação do dióxido de carbônico (CO2).

A respiração é fundamental para a manutenção do bom funcionamento de todo organismo humano, sendo primordial para a vida. 

Órgãos do Sistema Respiratório

Nariz 

Primeiro componente do sistema respiratório, o nariz é o principal meio de entrada do ar no organismo humano. No nariz o ar é aquecido, umedecido e filtrado.

Faringe

Órgão comum aos sistemas respiratório e digestório, a faringe está conectada à boca e às fossas nasais. O ar inspirado pelas narinas, ou pela boca, passa pela faringe antes de chegar à laringe.

Laringe

A laringe conduz o ar inspirado até a traqueia, além de ser o local onde as cordas vocais se localizam. Elas são capazes de emitir sons durante a passagem de ar, sendo essenciais para a fala.

Traqueia

A traqueia é um tubo que conduz o ar inspirado que vem da laringe e se bifurca em sua região inferior, dando origem aos brônquios.

Brônquios

Os brônquios são constituídos por duas ramificações da traqueia, que se ramificam em tubos cada vez mais finos e chegam até os pulmões, os bronquíolos.

Alvéolos Pulmonares

Os alvéolos são pequenos sacos constituídos por células epiteliais achatadas e cobertos por capilares sanguíneos, no final dos menores bronquíolos. É o local onde ocorre a hematose pulmonar.

A Respiração

A inspiração, que acontece por meio da contração do diafragma e dos músculos intercostais, proporciona a entrada de ar dentro dos pulmões. O ar inspirado é rico em gás oxigênio (O2).

A expiração, que ocorre por meio do relaxamento do diafragma e dos músculos intercostais, proporciona a saída de ar do organismo. O ar expirado é rico em gás carbônico (CO2).

Aprenda mais sobre como ocorre a respiração no artigo completo sobre o Sistema Respiratório.

Sistema Digestório

sistema-digestivo

Este é um dos sistemas do corpo humano mais cobrados nos vestibulares. O sistema digestivo ou digestório é um canal que distende da cavidade bucal ao ânus, podendo ser denominado também de trato gastrintestinal.

Órgãos do Sistema Digestivo

Boca

A boca é onde a digestão dos alimentos se inicia. É o local onde o alimento é triturado pelos dentes e envolvido pela língua em conjunto com a saliva, que são produzidas e secretadas pelas glândulas salivares que ficam em anexo à boca.

Faringe e Esôfago

A faringe é um canal que participa dos sistemas digestório e respiratório. Ela conduz o ar que depois vai para a laringe e o alimento, que vai para o esôfago.

O esôfago é o canal que leva o alimento ao estômago. Ele se encontra entre os pulmões, atrás do coração, atravessando o músculo diafragma.

Estômago

O estômago é o órgão em que os alimentos são armazenados e misturados com o suco gástrico, que tem como função quebrar os alimentos em nutrientes menores.

Intestino Delgado

O intestino delgado é o local onde acontece grande parte da digestão e a absorção de nutrientes pelo organismo. 

Intestino Grosso

O intestino grosso é órgão responsável pela absorção de água, tanto a ingerida quanto a água proveniente das secreções digestivas. 

Aprenda mais sobre a digestão no artigo completo sobre o Sistema Digestivo.

Sistema Nervoso

O sistema nervoso age na coordenação funcional dos órgãos e sistemas do organismo, por meio do armazenamento de informações, da captação de sensações e da efetuação de reações através de mecanismos hormonais e motores. O Sistema Nervoso pode ser dividido em dois: Sistema Nervoso Central (SNC) e Sistema Nervoso Periférico (SNP).

Componentes do Sistema Nervoso Central

encéfalo-estrutura

Encéfalo

O encéfalo é constituído pelo cérebro, cerebelo e tronco encefálico. Está presente no crânio e, em conjunto com a medula e os nervos, constituem o Sistema Nervoso Central. 

Cérebro

O cérebro é o principal órgão do Sistema Nervoso, tendo a função de controlar ações motoras, estímulos sensoriais e atividades neurológicas como a memória, o aprendizado, os pensamentos, a fala, etc.

Cerebelo

O cerebelo é responsável por manter o equilíbrio corporal, controlar o tônus muscular e comandar a aprendizagem motora. Ele possui dois hemisférios separados pelo vérmis, uma fissura longitudinal estreita.

Tronco Encefálico

O tronco encefálico é constituído pelo mesencéfalo, ponte e bulbo. O mesencéfalo é a menor parte do tronco encefálico, e está localizada entre a ponte e o cérebro. A ponte está localizada entre o mesencéfalo e o bulbo. Neste último, a parte inferior conecta a medula espinhal e a superior com a ponte.

Medula Espinhal

A medula espinhal é a parte mais extensa do Sistema Nervoso Central. Ela é constituída por um cordão cilíndrico, composto de células nervosas, localizado no canal interno das vértebras da coluna vertebral. A medula é responsável por promover a comunicação entre o organismo e o Sistema Nervoso, tendo também a função de coordenar os reflexos.

Componentes do Sistema Nervoso Periférico

Nervos

Os nervos são fibras nervosas que são envolvidas por tecido conjuntivo. Eles conectam o SNC aos demais órgãos periféricos, e também possuem a função de transmitir os impulsos nervosos.

Gânglios

Os gânglios são acumulações de neurônios localizados fora do SNC e espalhados pelo corpo. Normalmente, eles formam uma estrutura esférica.

Aprenda tudo sobre o Sistema Nervoso em nosso artigo completo.

Sistema Endócrino do Corpo Humano

sistema-endócrino do corpo humano

O sistema endócrino é o sistema que tem a função de síntese de hormônios do organismo. Produzidos pelas glândulas, os hormônios são levadas até os órgãos do corpo onde exercem suas devidas funções. 

Glândulas do Sistema Endócrino

Hipófise

A hipófise é uma glândula que se encontra no centro da cabeça, abaixo do cérebro. Ela é responsável por produzir vários hormônios, e é considerada a glândula mestre do organismo humano, uma vez que ela estimula a atividade de outras glândulas.

Hipotálamo

É a região do encéfalo que produz hormônios que ficam armazenados na neuroipófise, ou que agem na adenoipófise através do estímulo ou da inibição de suas secreções.

Tireoide

A tireóide é uma glândula que produz diversos hormônios responsáveis por controlar a velocidade do metabolismo celular, manutenção do peso e temperatura corporal, crescimento e ritmo do coração.

Paratireoides

São quatro pequenas glândulas localizadas atrás da tireóide e que produzem o hormônio paratormônio. O déficit desse hormônio diminui a quantidade de cálcio no sangue, contraindo violentamente os músculos.

Timo

O timo é uma glândula localizada entre os pulmões, e faz parte dos sistemas linfático e imunológico. Ele é responsável por produzir um hormônio que age na defesa do organismo do recém-nascido contra infecções.

Suprarrenais

As glândulas suprarrenais são duas glândulas que estão localizadas acima dos rins. A glândula suprarrenal direita possui formato triangular, enquanto a esquerda possui a forma de meia-lua.

Pâncreas

O pâncreas pode ser considerado uma glândula mista, pois, além de participar do sistema endócrino, produzindo hormônios, ele também participa do sistema digestivo, produzindo o suco pancreático e desempenhando um papel importante na digestão.

Glândulas sexuais

As glândulas sexuais (ou gônadas) do organismo são os testículos, que fazem parte do sistema reprodutor masculino, e os ovários, que fazem parte do sistema reprodutor feminino. Os testículos e os ovários iniciam sua produção de hormônios através do estímulo dos hormônios produzidos pela hipófise.

Aprenda mais aprofundadamente sobre o Sistema Endócrino.

Sistema Excretor do Corpo Humano

O Sistema Excretor é o conjunto de órgãos e estruturas responsáveis por filtrar o sangue humano e eliminar as substâncias em excesso e que podem ser tóxicas para o organismo. Essas substâncias são resultantes de reações químicas que acontecem dentro das células do corpo humano, durante os processos metabólicos que estas podem realizar.

Órgãos do Sistema Excretor

sistema excretor

Rins

Os rins são órgãos em formato de feijão, constituídos por uma região cortical e uma região medular. As regiões corticais e medulares recebem sangue pela artéria renal e são drenadas pela veia renal. A região cortical é onde estão presentes os néfrons, que são as unidades funcionais dos rins.

Néfron

Os néfrons estão localizados nos rins em grandes quantidades (aproximadamente 1.200.000 em cada rim) e são os responsáveis pela formação da urina, filtrando os elementos do plasma sanguíneo e, posteriormente, eliminando a urina.

Ureteres

Os ureteres são tubos que ligam e transportam a urina do rim à bexiga. Eles realizam movimentos peristálticos que ajudam na condução da urina até a bexiga, sendo um ureter para cada rim. 

Bexiga

A bexiga é o órgão que armazena a urina produzida pelos rins e transportada pelos ureteres. Ela também é a responsável por eliminar a urina e que possui uma alta capacidade elástica, podendo armazenar até 800 ml de urina.

Uretra

A uretra é responsável por expelir a urina para fora do organismo, durante a micção. Ela faz parte também do sistema reprodutor no caso dos homens, sendo o local por onde o sêmen é expelido na ejaculação. Entretanto, nas mulheres a uretra é restrita ao sistema excretor.

Excreção do Suor

O suor também é uma maneira do organismo eliminar substâncias que podem ser tóxicas para ele. Os órgãos utilizados para eliminar o suor são glândulas sudoríparas, que são células presentes na pele espalhadas pelo corpo todo.

Excreção do Gás Carbônico

O gás carbônico é proveniente do metabolismo dos lipídios e glicídios durante a respiração, e é excretado durante a expiração.

Aprenda mais detalhadamente tudo sobre o Sistema Excretor.

Sistema Reprodutor Humano

Neste nosso guia completo dos sistemas do corpo humano, ressaltamos agora o sistema reprodutor humano, que é um conjunto de órgãos e estruturas que são responsáveis pela identificação do sexo de uma pessoa, e pela reprodução da espécie humana. 

Sistema Reprodutor Masculino

Sistema-Reprodutor masculino

O sistema reprodutor masculino é o responsável por produzir os espermatozóides, as células que são conduzidas para o aparelho reprodutor feminino para a fecundação do óvulo.

Órgãos do Sistema Reprodutor Masculino
  • Pênis: órgão reprodutor e excretor do organismo masculino. Contém em seu interior a uretra, que é responsável pela eliminação da urina e pela condução do sêmen, que contém os espermatozoides;
  • Bolsa escrotal: cavidade que aloja e protege os testículos, sendo responsável pela manutenção da temperatura adequada à fisiologia dessas estruturas;
  • Testículos: são glândulas que produzem os gametas masculinos, através da espermatogênese, e que possuem células intersticiais (células de Leydig), que sintetizam a testosterona, hormônio sexual masculino;
  • Epidídimo: ducto formado por um canal emaranhado que coleta, armazena e conduz os espermatozoides. Os gametas ficam maduros com maior mobilidade, tornando-se aptos à fecundação;
  • Ducto deferente: canal que transporta os espermatozoides do epidídimo até um complexo de glândulas anexas;
  • Glândulas anexas: conjunto formado pela próstata, vesículas seminais e glândulas bulbouretrais. Formam a secreção que compõe o sêmen, fluido que nutre e proporciona o meio de sobrevivência aos espermatozoides, como a neutralização do pH levemente ácido da uretra.

Sistema Reprodutor Feminino

sistema-reprodutor-feminino

O sistema reprodutivo feminino é composto por diversos órgãos que estão localizados principalmente dentro do corpo e nos arredores da região pélvica da mulher. Ele tem a função de produzir os gametas femininos (óvulos), fornecer um local apropriado para a ocorrência da fecundação, permitir a implantação do embrião e oferecer condições para seu desenvolvimento.

Componentes do Sistema Reprodutor Feminino
  • Vulva: é o conjunto de estruturas que formam o aparelho reprodutor feminino externo (lábios vaginais, orifício da uretra, abertura da vagina e clitóris);
  • Lábios vaginais (grandes e pequenos): essas dobras da pele formadas por tecido adiposo são responsáveis pela proteção do aparelho reprodutor feminino;
  • Clitóris: órgão sensível do organismo feminino;
  • Vagina: canal que recebe o pênis durante o ato sexual, servindo também como ducto para eliminação do fluxo menstrual e concepção no momento do parto normal;
  • Útero: órgão que recepciona o zigoto (óvulo fecundado) e proporciona o seu desenvolvimento durante o período gestacional. Além de proteger o embrião contra choques mecânicos, também impede a transposição de impurezas e micro-organismos patogênicos, além de auxiliar na manutenção da nutrição (formação da placenta e cordão umbilical);
  • Tubas uterinas ou trompas: são ovidutos que possuem inúmeros cílios em sua superfície interna e desempenham a função de transportar o “óvulo” do ovário até o útero. É nas trompas que acontece a fecundação, o encontro do espermatozóide com o “óvulo”.
  • Ovários: são glândulas responsáveis pela ovulação e produzem também os hormônios sexuais estrógeno e progesterona.

Aprenda mais sobre a fecundação no artigo completo sobre o Sistema Reprodutor

Sistema Esquelético Humano

sistema-esqueletico do corpo humano

O sistema esquelético é constituído de ossos e cartilagens, ligamentos e tendões. O esqueleto sustenta e dá forma ao corpo, também é responsável por proteger os órgãos internos, e atua em conjunto com os sistemas muscular e articular para permitir o movimento. 

Outras funções do sistema esquelético são a produção de células sanguíneas na medula óssea e armazenamento de sais minerais, como o cálcio. A estrutura óssea é constituída de diversos tipos de tecido conjuntivo e tecido nervoso.

Sistema Muscular do Corpo Humano

O sistema muscular é composto por um conjunto de diversos músculos que estão presentes por todo corpo humano. Os músculos são responsáveis pela movimentação dos seres humanos, em conjunto com o sistema nervoso. Esses movimentos acontecem por causa da capacidade que os músculos têm de se contrair e relaxar, possibilitando vários movimentos como saltar, correr, andar, nadar, escrever e diversas outras atividades.

Tipos de Músculos

tipos-de-musculos

Lisos ou viscerais

Os músculos lisos são formados através de células fusiformes, isto é, que possuem somente um núcleo. A contração desse músculo é completamente involuntária, podendo ser encontrado na bexiga, nos vasos sanguíneos, no útero e no intestino.

Músculos estriados cardíacos

Os músculos estriados cardíacos são aqueles formados por uma rede de fibras ramificadas e conjugadas umas às outras. Esses músculos constituem o miocárdio, o revestimento muscular do coração, sendo responsável pelas contrações involuntárias do coração, que são controladas pelo sistema nervoso.

Músculos estriados esqueléticos

Os músculos estriados esqueléticos também são formados por fibras musculares e carregados de terminações nervosas. Esses músculos estão relacionados com os movimentos do corpo e com o sustento da postura corporal.

Aprenda tudo sobre o Sistema Muscular.

Sistema Linfático do Corpo Humano

sistema-linfatico do corpo humano

O sistema linfático, dentre todos os outros sistemas do corpo humano, é responsável por drenar o excesso de líquido intersticial do organismo humano, e por conduzir as células imunes. O líquido intersticial é o líquido presente entre as células, e onde estas retiram seus nutrientes e excretam as substâncias residuais provenientes de seus metabolismos.

Componentes do Sistema Linfático

Linfonodos

Os linfonodos, também chamados de nódulos linfáticos, são órgãos pequenos localizados no pescoço, no tórax, no abdômen, na axila e na virilha. Eles têm a função de filtrar a linfa antes que esta retorne ao sangue. Os linfonodos também são responsáveis por atuar na defesa do corpo.

Linfa

A linfa é um líquido alcalino que se assemelha ao sangue, mas não possui hemácias e, por esse motivo, possui um aspecto esbranquiçado e leitoso. A linfa é produzida pelo intestino delgado e pelo fígado, circula pelos vasos linfáticos e é a responsável por eliminar impurezas do organismo.

Vasos linfáticos

Os vasos linfáticos são canais distribuídos pelo corpo humano e são responsáveis por transportar a linfa na corrente sanguínea em sentido único. Eles também agem no sistema de defesa do organismo, transportando linfócitos que são os mecanismos de defesa do corpo humano.

Baço

O baço é um órgão de formato oval, que se encontra abaixo do diafragma e atrás do estômago. Maior dos órgãos linfáticos, o baço tem a função de produzir células de defesa (linfócitos) e hemácias, de armazenar o sangue e liberar hormônios. Ele possui grande quantidade de macrófagos que eliminam microorganismos, restos de tecido, partículas estranhas e células desgastadas. Dessa maneira, o baço “limpa” o sangue, funcionando como seu filtro.

Timo

O timo é um órgão que é mais desenvolvido durante o período pré-natal, e que, desde o nascimento até a puberdade, sofre o processo de involução, diminuindo de tamanho ao longo da vida. O timo é considerado um órgão linfático pois é composto por um alto número de linfócitos, e por sua função ser exclusivamente a produção desses linfócitos.

Tonsilas palatinas (Amígdalas)

Popularmente conhecidas como amígdalas, as tonsilas palatinas estão localizada na garganta e são responsáveis pela seleção de microorganismos que invadem o corpo. Elas também têm a função de defesa do organismo, pois também produzem linfócitos.

Aprenda tudo sobre o Sistema Linfático.

Sistema Imunológico do Corpo Humano

sistema imunologico do corpo humano

Na sequência deste nosso guia completo dos sistemas do corpo humano, temos o sistema imunológico, que é um conjunto de elementos que interagem entre si com o objetivo de defender o corpo contra doenças, vírus, bactérias, micróbios e outros.

Resposta Imune

É o mecanismo de defesa do corpo através do sistema imunológico. Existem dois tipos de respostas imunes: a inata e a adaptativa.

Imunidade inata

A imunidade inata é a linha de frente contra os invasores do corpo humano, estando presente mesmo antes do contato com a partícula estranha. Ela é representada por barreiras físicas, químicas e biológicas, e seus principais mecanismos são: fagocitose, liberação de proteínas que atacam a membrana de microorganismos e linfócitos NK, que promovem a lise da partícula estranha.

Imunidade adaptativa 

A imunidade adaptativa é a imunidade que se desenvolve após o contato com o corpo estranho, desenvolvendo uma memória contra ele. Ela é mais eficiente pois responde contra uma grande diversidade de partículas estranhas, e direciona a resposta inata.

Existem dois tipos de imunidade adaptativa:

  • Imunidade humoral: reconhecimento de antígenos mediada pelos linfócitos B;
  • Imunidade celular: mecanismo de defesa mediado pelos dos linfócitos T.

Células

Leucócitos

Os leucócitos ou glóbulos brancos são células produzidas pela medula óssea e pelos linfonodos. Eles são responsáveis por produzir anticorpos para proteger o organismo contra os patógenos.

Os leucócitos são o principal agente do sistema imunológico do nosso corpo. São eles:

  • Neutrófilos: envolvem as células infectadas e as destroem;
  • Eosinófilos: agem contra parasitas;
  • Basófilos: relacionado respostas alérgicas;
  • Fagócitos: realizam fagocitose de patógenos;
  • Monócitos: fagócitos presentes no sangue;
  • Linfócitos: Os linfócitos são responsáveis por reconhecer e destruir microrganismos infecciosos como bactérias e vírus. Podem ser linfócitos B e linfócitos T;
  • Macrófagos: Derivados de monócitos, a função principal é fagocitar partículas estranhas nos tecidos humanos.

Órgãos

  • Medula óssea: tecido que preenche o interior dos ossos e produz leucócitos, hemácias e plaquetas;
  • Timo: glândula localizada na cavidade torácica, no mediastino. É responsável por produzir e desenvolver os linfócitos T;
  • Linfonodos: têm a função de filtrar a linfa antes que ela retorne ao sangue, e também são responsáveis por atuar na defesa do corpo, principalmente na produção de linfócitos;
  • Baço: possui alta quantidade de macrófagos que eliminam microorganismos e partículas estranhas. Dessa forma, o baço “limpa” o sangue de impurezas;
  • Tonsilas: constituídas por tecido linfoide, ricas em glóbulos brancos;
  • Apêndice: pequeno órgão linfático, com grande concentração de glóbulos brancos;
  • Placas de Peyer: acúmulo de tecido linfoide que está associado ao intestino.

Além de aprender sobre os Sistemas do Corpo Humano, você pode testar seus conhecimentos de outras matérias respondendo algumas questões que caíram em edições antigas do Exame em nosso simulado gratuito.

Gostou de aprender sobre os Sistemas do Corpo Humano? Queremos te ajudar também a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador