História

Quais são os 5 períodos da história? Conheça a divisão clássica do passado humano

Quais são os 5 períodos da históriaQuais são os 5 períodos da história?

A história humana possui milhões de anos, então para facilitar o entendimento sobre ela e o ensino, estudiosos resolveram dividi-la em 5 períodos. Apesar de essa não ser a única opção.

Existem muitas outras maneiras para agrupar os eventos históricos levando em consideração aspectos políticos, culturais e econômicos.

Neste artigo, vamos te explicar quais são os 5 períodos da história e as outras formas de fazer a divisão.

Se você quiser ir diretamente para alguma parte do conteúdo, clique em um dos tópicos abaixo:

Prepare-se para o Enem com a ajuda do Beduka. Baixe o Plano de Estudos 2023 e conheça a magia da aprovação!

Por que a história é dividida?

A história é dividida para nos ajudar a compreender melhor o passado da humanidade.

Toda obra humana faz parte da história. Por isso, existe história desde que existe o ser humano.

E nós sabemos que a nossa espécie está caminhando sobre a Terra desde muito tempo. Como poderíamos contar tudo o que fizemos e compreender o passado sem o auxílio de alguns recursos? Ficaria impossível.

Por isso, os pesquisadores passaram a dividir a história em blocos temporais, para facilitar a pesquisa e principalmente o ensino. Isso não é uma novidade do nosso tempo. Por exemplo, os medievais possuíam uma divisão própria, baseada no Cristianismo.

Continue lendo para descobrir como a história pode ser dividida e quais são os 5 períodos da história.

Quais são os modos de dividir a história?

Para entender melhor quais são os 5 períodos da história, precisamos entender as maneiras como a história pode ser dividida.

Em geral, a periodização da história é feita com base em maneiras de agir, pensar e viver. E por isso serão levados em consideração os sistemas econômicos, culturais, religiosos e políticos.

A primeira divisão que podemos registrar é a cristã, que separa o tempo em dois: antes e depois de Cristo. Além disso, a história é dividida em seis eras com referência à história da Igreja. Essa divisão foi elaborada por Santo Agostinho e desenvolvida por outros teólogos, como São Boaventura e Jacques Bossuet.

Estas seis épocas são:

  1. a época de Adão até o dilúvio;
  2. a época de Abraão;
  3. o período de Abraão até Davi;
  4. de Davi até o cativeiro babilônico;
  5. do retorno a Israel até o advento de Jesus;
  6. era cristã.

As demais formas de dividir a história são secularizadas e se amparam mais em termos sociológicos, ainda que leve a religiosidade em conta como modo de identificar um período.

Por exemplo, a ideologia positivista divide a história em três épocas: teológica, metafísica e positiva. 

Na primeira delas, existe um domínio da religião sobre as pessoas, que perde força com o passar do tempo. Isso acontece pela crítica filosófica, que leva à idade metafísica e depois recai no Estado tecnocrático da era positiva.

Mas a forma mais difundida de divisão da história é a que estabelece 5 períodos para ela. Essa divisão foi feita nas universidades europeias e é ensinada até hoje nas escolas do Ocidente, inclusive do Brasil.

Vamos conhecer quais são os 5 períodos da história.

Quais são os 5 períodos da história?

A divisão clássica da história traz 5 períodos do percurso da humanidade. Ela não foi feita de modo puramente arbitrário, mas com base em alguns marcos históricos que trouxeram transformações significativas.

1 – Pré-história

A pré-história é todo o passado humano que está anterior à escrita, iniciada pelos mesopotâmicos por volta de 3.200 a.C.

Ela é dividida em dois períodos menores: o paleolítico e o neolítico. Essa divisão é feita com base no material utilizado para a construção de ferramentas e no desenvolvimento de técnicas de trabalho.

  • Paleolítico: utilizava-se pedra lascada para a ferramenta e o trabalho humano era coletar e caçar.
  • Neolítico: desenvolveu-se o polimento das pedras e o uso do metal para a produção dos instrumentos de trabalho, além de técnicas como a agricultura e a domesticação de animais.

2 – Idade Antiga

A Idade Antiga é um longo período que vai da invenção da escrita até a queda do Império Romano do Ocidente, em 473 d.C.

Esse é o período marcado pelo desenvolvimento das civilizações do mediterrâneo, como a grega, a romana e a egípcia.

Foi nela que ocorreu o advento do Cristianismo, da Filosofia Grega Clássica e do Direito Romano, muito importantes para a formação do Ocidente.

Conheça melhor este período com nosso texto sobre a Idade Antiga.

3 – Idade Média

A Idade Média é um período de mil anos que vai desde o século V d.C até o século XV d.C. Suas principais características são a expansão do Cristianismo pela Europa e o sistema de produção feudal.

O marco inicial do medievo é a queda do Império Romano do Ocidente em 473 d.C., ocasionada pelas incursões dos germânicos nas suas cidades. Isso levou à ruralização do território e a formação de núcleos sociais muito diversos dos grandes centros urbanos anteriores.

O fim da Idade Média tem como marco a queda do império Romano do Oriente, em 1453, quando os turcos tomaram Constantinopla.

Você pode saber mais com nosso texto sobre a Idade Média.

Está gostando de saber quais são os 5 períodos da história? Faltam apenas dois!

4 – Idade Moderna

Período que vai do final da Idade Média até a Revolução Francesa. É um dos períodos mais breves da periodização clássica, com cerca de 300 anos de duração.

Foi na Idade Moderna que surgiram os estados-nação, a reforma protestante, a expansão marítima e muitos outros eventos que deram a forma ao mundo como conhecemos hoje. No caso, globalizado, plural e democrático.

Acesse nossos resumos sobre esses acontecimentos da modernidade:

Conheça melhor esse período com nosso texto sobre a Idade Moderna.

5 – Idade Contemporânea

A Idade Contemporânea começa com a Revolução Francesa de 1789 e perdura até os nossos dias. Ela é o período em que ocorreram mais transformações técnicas da história humana.

Foi nela que surgiram as indústrias fabris e a conexão do mundo por meio de meios de comunicação como o telégrafo, telefone e internet. Além disso, vimos a ascensão da democracia liberal, dos direitos humanos e do capitalismo.

A contemporaneidade é conhecida também por ser um período de intensa movimentação social. A filosofia do período se voltou principalmente para a existência humana no mundo e apostou na transformação das relações sociais.

Agora que já vimos quais são os 5 períodos da história geral, vamos ver a divisão feita especialmente para o Brasil.

Quais são os 4 períodos da história do Brasil?

Apesar de o Brasil estar inserido nos demais períodos históricos, a historiografia brasileira também possui uma divisão clássica para a história singular do nosso país.

1 – Período pré-cabralino

Todo o período anterior à chegada de Pedro Álvares Cabral, em 1500. Entende-se que os habitantes do Brasil à época viviam ainda no modelo neolítico. Com o intercurso entre eles e os portugueses, passaram da pré-história direto para a Idade Moderna.

2 – Brasil Colônia

É o período que vai do século XVI até a independência do Brasil. Durante os anos compreendidos entre a chegada de Cabral e a emancipação política brasileira, o nosso território recebeu levas de portugueses, que criaram um modo de vida próprio inspirado nos costumes europeus e indígenas.

É o período do sistema colonial, que você pode conhecer melhor lendo nosso artigo sobre essa fase da história do nosso país.

3 – Brasil Imperial

De 1822 a 1889, o Brasil foi governado pelo modelo monárquico. Tivemos dois imperadores da dinastia de Bragança: Dom Pedro I e Dom Pedro II.

Foi um período de formação da identidade nacional e da construção de instituições próprias.

4 – Brasil Republicano

Em 15 de novembro de 1889 um golpe militar pôs fim à monarquia no Brasil, dando início ao período republicano que vivemos até hoje.

Críticas à divisão tradicional da história

Como pudemos ver, a divisão tradicional da história com seus 5 períodos foi formulada na Europa. Ela leva em consideração como marcos da divisão, eventos que são europeus, com exceção apenas da escrita, surgida no oriente médio.

Ainda assim, é uma história ligada à compreensão europeia de civilização, que exclui tudo aquilo que não tem muito a ver com ela. Esse é o caso da América antes dos descobrimentos e do extremo oriente. Por isso, existem muitas críticas a esse modelo.

Bom, o importante é que você já sabe quais são os 5 períodos da história. E que apesar das críticas, ele continua sendo ensinado e faz parte da divisão dos departamentos de História das universidades.

Os acontecimentos deles (principalmente seus marcos temporais) são conteúdos que caem bastante no Enem.

E por falar no Enem, olha a surpresa que a gente tem para você.

Conheça a magia para ser aprovado no Enem!

Existem muitas maneiras de passar por portas trancadas no mundo dos estudos para o Enem. No entanto, o plano de estudos do Beduka é o seu melhor amigo!

Alohomora! Lembra quando a Hermione usou esse feitiço para abrir a porta do corredor no primeiro filme da série? Ele é o amigo número um dos bruxos que esqueceram as chaves e precisam abrir a porta.

Aposto que você queria ter uma magia simples que te fizesse ir bem no Enem.

Mas deixa eu te contar uma coisa: a magia é real sim.

Tudo o que você precisa para destrancar as portas da aprovação no Enem 2023 é:

O Plano de Estudos do Beduka

Acabamos de lançar este item mágico que foi tão pedido.

Neste livro de feiti…, digo, Plano de Estudos, você terá:

  • O que estudar em cada dia até a prova
  • Matérias mais importantes
  • Temas de redação para treinar
  • Filmes e livros que podem ser úteis
  • Dicas de estudo e organização
  • Fórmulas para memorizar
  • Área personalizável e barra de progresso

Está na hora de sair do calabouço da dúvida e da falta de tempo.

Agora que você está com essa chave na mão, é só colocar na porta e girar. Um caminho mágico se abrirá na sua frente e, se você seguí-lo, chegará ao seu destino!

Obrigado por ter lido nosso texto sobre quais são os 5 períodos da história. Bons estudos!

Redação Beduka
Redação Beduka
Este conteúdo foi criado e validado por uma equipe multidisciplinar, formada por especialistas em cada área do conhecimento. O Beduka está presente no Instagram, YouTube, LinkedIn e em diversos outros ambientes digitais. O site foi criado em 2017 e, desde a sua fundação, atua para fornecer materiais de qualidade para facilitar a vida de estudantes de todo o Brasil, ajudando-os a se preparar para os principais vestibulares e o Enem.